1º Programa Arte Ocupação do DF lança chamamento público para jovens artistas


Em sua primeira edição, o Programa Arte Ocupação abre inscrições para seleção de dez jovens artistas/coletivos, da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE-Df). Além de premiação em dinheiro, os artistas contemplados irão compor mostra coletiva para o Programa Jovem de Expressão - Galeria Risofloras (Ceilândia) e participar de mentoria artística com a curadora Yana Tamayo e profissional com a Diretora da Galeria Index, Monica Tachotte.

Numa iniciativa da Galeria Index, o Programa Arte Ocupação é um projeto inédito, com objetivo de incentivar a prática das artes visuais entre jovens artistas da periferia do Distrito Federal. Para este ano, o programa conta a parceria estratégica do Instituto Sabin, entidade sem fins lucrativos, que desde 2005 fomenta a inovação social no Distrito Federal e em outros 12 estados do Brasil.


O(A) artista interessado(a) deve ter entre 18 e 30 anos de idade e comprovar residência em uma das cidades do RIDE-DF. A seleção ficará a cargo dos curadores e curadora da Galeria Risofloras: Gu da Cei, Luiz Ferreira e Rayane Soares. As inscrições devem ser realizadas de 19 a 31 de julho e o resultado será divulgado no dia 6 de agosto.


Link para mais informações sobre o edital e ficha de inscrição - https://edital.galeriaindex.com/

PROGRAMA ARTE OCUPAÇÃO - GALERIA RISOFLORASInscrições 19 – 31 de julhoResultado 06 de agostoExposição 21 de agosto a 24 de outubro


Sobre Galeria Index

A Galeria Index é um showcase de arte moderna e contemporânea. Fundada em Brasília por Monica Tachotte e Marcos Mendes Manente, a galeria ocupa a cidade por meio de projetos artísticos que representam narrativas de artistas do Centro-oeste, correlacionando com artistas brasileiros e estrangeiros do período pós-guerra. Além de atuar de acordo com as particularidades dos espaços da cidade, a galeria trabalha na organização e catalogação, difusão e revitalização da produção local, por meio de estratégias curatoriais que estabeleçam um diálogo entre as diferentes gerações, o debate entre as ações artísticas e zonas de contato, pautando questões estéticas, sociais e políticas.