15º Salão do Artesanato promove oficinas e shows com artistas da cultura popular brasileira


Uma das atrações é o show gratuito das cantoras Zizi e Luiza Possi, oferecido pelo evento, em parceria com o Pátio Brasil Shopping, em homenagem ao Dia das Mães. O evento conta ainda com apresentação do Grupo Siriri Elétrico, de Cuiabá – MT

Além de expor e fortalecer o mercado de produtos feitos à mão no país, o 15º Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras, que acontece de 4 a 8 de maio, das 10h às 22h, no Pátio Brasil Shopping, servirá de palco para artesãos produzirem ao vivo suas peças e produtos. O evento contará ainda com shows do grupo folclórico do Mato Grosso, Siriri Elétrico.


As apresentações do grupo Siriri Elétrico, vindo diretamente de Cuiabá (MT), acontecem nos dias 4, 5 e 6 às 18h, na praça central do shopping, e no sábado (7), no estande da Prefeitura de Cuiabá. Com composições e gravações de músicas regionais, a banda promete um show divertido e encantador para o público. O evento conta ainda com uma atração especial: o show gratuito das cantoras Zizi e Luiza Possi, em homenagem ao dia das mães, que ocorre no dia sábado (7), a partir das 18h.


Todos os dias artesãos, representando os variados estados do Brasil, farão peças ao vivo, com matérias primas de fibra e fios, argila, barro, madeira e cerâmica. Na ocasião, o público poderá conhecer de perto como é o processo criativo desses profissionais.


Há dois espaços para a realização de oficinas no evento: um coordenado pela Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF), que responde pela coordenação regional do Programa do Artesanato Brasileiro – PAB; e outro pelo Movimento Organizado para Valorização do Artesão do Distrito Federal (MOVA), que visa fortalecer as associações e coletivos de artesãos da capital e do Entorno. Ambas inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas e o critério será de ordem de chegada (não haverá inscrição prévia).


“O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo e garante o sustento de muitas famílias e comunidades. Ele faz parte do folclore e traz usos, costumes, tradições e características de cada região do nosso país. Para nós, é uma alegria imensa fomentar este acesso inclusivo aqui na capital”, comenta Leda Alves, organizadora do evento.


O Brasil todo se encontra aqui


O artesanato da Amazônia é rico e variado. A beleza das peças é originária do próprio material utilizado segundo cada região ao longo dos rios que compõem a bacia Amazônica. A criatividade é surpreendente no uso das sementes com as quais se confeccionam colares, brincos e pulseiras.


No pequeno município de Careiro, a 102 quilômetros ao Sul de Manaus, mulheres e jovens de comunidades ribeirinhas se reúnem uma vez por semana para tecer acessórios que têm feito sucesso no mundo da moda. Com pouco menos de 40 mil habitantes, Careiro é a sede da Teçume da Floresta, marca social criada em 2015 pela ONG Casa do Rio. Lá, os artesãos com idade entre 18 e 60 anos produzem bolsas, leques, botões, caixas de óculos, cestos e luminárias, entre outros adereços que levam o selo próprio da marca.


Os territórios da Tutóia no Maranhão são palco para os trabalhos de trançado de tala de buriti que evocam uma tradição muito antiga dos tempos imemoriais, nos quais habitavam nossos ancestrais. A partir da tala do buriti é possível fazer uma infinidade de produtos que estarão expostos em Brasília.


Mineira de Prados, cidade próxima a Tiradentes, Vicentina Julião é uma das maiores expressões da famosa família Julião, que já deu grandes talentos como Itamar (falecido) e Antônio. A artista é hábil escultora de figuras humanas e bichos, em especial macacos e aves em grandes troncos, resultando em trabalhos de forte efeito plástico. “Não tenho fome, não sinto cansaço, não quero nada, apenas ficar aqui esculpindo e isso me basta”, comenta Vicentina, apaixonada pelo que faz.


Na Região Metropolitana de Curitiba, Luzia Kava Seroka, filha de agricultores de Balsa Nova, cresceu entre plantações de milho e feijão. Foi entre palha de milho seca que Luzia encontrou um meio de ganhar um dinheirinho extra para a família. Há 20 anos, quando fez seu primeiro curso ofertado pelo Instituto Emater, Luzia não imaginava que o hobby se transformaria em profissão e a tornaria uma artesã internacionalmente conhecida. Produtos como imãs de geladeira, mini presépios e marcadores de livros poderão ser encontrados no 15º Salão do Artesanato.


SERVIÇO:

O que: 15º Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras Data: 4 a 8 de maio de 2022 Horário: Das 10h às 22h - no dia 8 (domingo) das 10h às 20h Onde: Pátio Brasil Shopping Entrada Franca Realização: Rome Eventos Apoio Institucional: Programa do Artesanato Brasileiro – PAB Patrocínio: SEBRAE Acompanhe: https://www.instagram.com/salaodoartesanatooficial/ Saiba mais em: https://salaodoartesanato.com.br/