top of page

5ª edição da CasaBloco será no MAM, onde os Carnavais do Brasil vão se encontrar

“Minha carne é de carnaval, meu coração é igual”. E vai ter Caboclo de Lança, La Ursa, Cavalo-Marinho, Bate-Bola, Perna-de-Pau, Roda de Samba, Cortejos de Blocos e muito mais. Com esse lema, a CasaBloco chega à sua 5ª edição inovando e trazendo muitas novidades. De casa nova, o projeto vai ocupar os jardins, pilotis, salão e cinemateca do Museu de Arte Moderna, o MAM, levando toda a pluralidade do carnaval para um espaço que tem tradição no carnaval de rua. Nos dias 25, 26, 27 e 28 de janeiro de 2024, serão 12 horas de programação, parte gratuita, com shows, oficinas, rodas de conversa, mostra de filmes de carnaval, feira de moda e muitas apresentações.


A abertura, no dia 25, às 14h, fica por conta das oficinas, da roda de conversa com Leandro Vieira e Marcio Debelliam, da mostra de cinema, feira de moda e gastronomia, e da lavagem com os Filhos de Gandhi.

 

Sexta-feira, 26 de janeiro, é dia de misturar os carnavais de Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia. Cordão do Boitatá abre a noite para, em seguida, receber a sequência histórica de gigantes da música pernambucana, com Lenine & Spok e Alceu Valença. A presença baiana fica a cargo da Timbalada, que, após muito tempo, volta a se apresentar no Rio. O DJ Cyro, do Rio, e a pernambucana Lala K levam o melhor da música brasileira à pista da CasaBloco.

 

Sábado, dia 27 de janeiro, a CasaBloco recebe, diretamente de São Paulo, o Bloco Ritaleena, com os maiores sucessos de Rita Lee, a rainha do rock. Na sequência, tem o pop da carioca Fernanda Abreu que convida Sandra Sá. O romantismo toma conta do festival com uma sequência de tirar o fôlego: Ferrugem, Sidney Magal e o bloco Fogo & Paixão. O duo de DJs Tropicals assume a noite com uma mistura irresistível de música eletrônica e MPB, que conta ainda com o DJ Cyro.


Domingo, 28 de janeiro, é dia de samba, mas também da criançada. A festa começa com o Carimbaby, trazendo o melhor do carimbó para a família dançar à vontade. O Bloco Gravata Florida faz sua roda com apresentações divertidas e descontraídas. Em seguida, a potente roda de samba do Terreiro de Crioulo, com seus atabaques. No palco principal, Leci Brandão, Cacique de Ramos e Marcelo D2 conduzem a um mergulho pelo samba de raiz e muito carnaval. A DJs Tamy e Cris Panttoja assumem as carrapetas.


Todo ano Rita Fernandes, idealizadora e diretora geral do projeto, faz uma imersão pelos diversos carnavais do Brasil, visitando cidades de norte a sul e trazendo para o Rio de Janeiro novas histórias, ideias, cores, timbres e tambores. Assim começa a tomar forma a CasaBloco, evento que ela define como “uma experiência carnavalesca única”. E completa: “O Rio é o grande anfitrião de um Brasil plural! Nossa proposta é que o folião embarque em uma imersão carnavalesca única, diferente, completa, passando pelo universo dos blocos, dos maracatus, do samba, da moda, do cinema, da gastronomia, além de oficinas e rodas de conversa”.

 

A edição 2024 da CasaBloco conta com patrocínio master da Ambev, através da marca Brahma, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e com o patrocínio da Seafood from Norway - Bacalhau da Noruega O autêntico.

 

MOSTRA DE CINEMA, PALESTRAS, OFICINAS E FEIRA

Buscando contemplar a tradição do Carnaval em todas as suas vertentes, a CasaBloco irá promover oficinas para transmitir saberes populares das diversas culturas, fazeres e moda carnavalesca. Voltada para o público em geral, as oficinas serão facilitadas por profissionais do ramo, com dicas e técnicas para os foliões que para além de curtir, também querem colocar a mão na massa na preparação do seu carnaval. Entre os destaques estão as de Adereços com materiais reciclados e de Maquiagem Artística.

 

Novidade da última edição, a Mostra de Cinema CasaBloco torna a acontecer, exibindo 12 filmes com temática de carnaval. A exibição acontecerá na Cinemateca do MAM, gratuitamente. Os curtas e longas selecionados contam a história de personalidades do samba e do universo carnavalesco. Entre os destaques estão “Fevereiros”, direção de Marcio Debellian, “Andança - Os Encontros e as Memórias de Beth Carvalho”, direção de Pedro Bronz, e “Salgueiro – Um Casal Diferente”, direção de Pedro Monteiro e Daniel Brunet.

 

A exibição dos filmes é seguida de rodas de conversas sobre os temas apresentados. Na quinta-feira, 25, Leandro Vieira, carnavalesco da atual campeã do carnaval carioca, Imperatriz Leopoldinense, e o diretor Marcio Debellian se juntam no papo “Carnavais de Bethânia”. Já na sexta, 26, quem fala é o comentarista e estudioso do carnaval, Milton Cunha junto com convidados na palestra “Carnaval e Literatura”.

 

Durante todos os dias, na programação diurna gratuita e na noturna paga, o projeto conta com uma feira que reúne 32 empreendedoras e artesãs, com produtos voltados para a moda de carnaval. Adereços, acessórios, fantasias e maquiagem fazem a festa das foliãs e foliões. Desde o primeiro ano, a Feira A Rua É Nossa é uma parceria com o Instituto Black Bom e conta com a curadoria de Sami Brasil, e é uma ação social do projeto que não realiza cobranças de nenhuma forma às participantes. Os espaços e barracas são cedidos e toda a renda da venda dos produtos é das artesãs.

 

CasaBloco em Olinda

Outra novidade é que, pela primeira vez, o projeto vai sair do Rio de Janeiro e atravessar o país até o Nordeste, promovendo o encontro da folia carioca com a o frevo de Olinda, cidade que abriga um dos principais carnavais do Brasil. Dias 13 e 14/01, o icônico Centro Cultural Casa Estação da Luz vai receber o tradicional bloco carioca Cordão do Boitatá, que faz oficina e show, antecipando as comemorações dos seus 18 anos do Baile Multicultural e 28 anos de Cortejo. As cantoras Marina Iris e Mariana Baltar acompanham o bloco nessa etapa de Olinda.

 

E quem recebe o Boitatá é Spok, o maestro do frevo, com vários convidados pernambucanos. Além dos shows, haverá roda de conversa com o carnavalesco Leandro Vieira, da Imperatriz Leopoldinense, escola de samba campeã do Rio de Janeiro em 2023, e exibição do filme "Fevereiros", de Marcio Debellian, para o público pernambucano. 

CADEIA PRODUTIVA DO CARNAVAL

Criada em 2018, a CasaBloco foi pensada como um lugar para reunir a multiplicidade de manifestações e a diversidade de grupos e ritmos que fazem parte do carnaval brasileiro. Blocos e artistas de diferentes regiões do país se juntam aos representantes da folia fluminense em uma grande festa que celebra a potência do universo artístico e cultural do carnaval. As primeiras edições foram realizadas na Casa França-Brasil, espaço que destaca a arte e a cultura. Nas duas edições seguintes, depois do fim da pandemia, esteve no Clube Monte Líbano, conhecido por sua tradição no carnaval do Rio.

 

“CasaBloco é um projeto de valorização do carnaval como arte, sendo a mais importante expressão cultural popular do Brasil. Esse país diverso, plural, que se expressa nos diferentes ritmos que marcam o carnaval brasileiro. Esse espaço foi pensado para oferecer a melhor e mais completa experiência carnavalesca em um único lugar, onde o folião pode desfrutar de todas as linguagens que o carnaval contempla”, explica Rita Fernandes.

 

Além da diversidade de linguagens, a CasaBloco vai destacar a cadeia produtiva do carnaval, da concepção à realização, e empregará mais de 1 mil pessoas no período que passa de pré-produção, realização e pós-produção. O projeto conta ainda com a parceria com o MUCA - Movimento Unido dos Camelôs, fundado em 2003 para a organização dos trabalhadores ambulantes e defesa de camelôs. Todos os alimentos doados através da "meia-entrada solidária" serão revertidos para o MUCA. No campo da diversidade e empregabilidade, serão contratadas pessoas portadoras de deficiência através de parceria com a ONG Sorrindo RJ.

 

SERVIÇO

Olinda dias 13 e 14/01

Casa Estação da Luz - R. Prudente de Morais, 313 - Carmo, Olinda - PE, 53020-140

Links de vendas: Link 

 

Rio de Janeiro dias 25, 26, 27 e 28/01

MAM - Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 20021-140

Classificação etária: 18 anos

Ingressos: a partir de R$ 160 (inteira) / R$ 90 (meia)

Mais informações em Link 

Realização: Tess


bottom of page