top of page

5ª edição do Festival Internacional de Cooperação com presença de palestrantes internacionais


A conferência de abertura da quinta edição do Festival Internacional da Cooperação - FICOO 2023 será conduzida por May East, uma figura internacionalmente reconhecida, estando entre as cem principais lideranças em sustentabilidade e designada, em 2019, como Mulher da Década em Sustentabilidade. Ainda é possível se inscrever para o festival, que será realizado pela primeira vez em Brasília, de 12 a 14 de outubro, no Colégio Marista.


Em sua palestra, May East abordará as 1001 maneiras de regenerar as conexões afetivas entre a humanidade e todos os sistemas vivos, com ênfase na colaboração como elemento fundamental para o desenvolvimento de ecovilas, ecobairros, escolas solidárias, redes de transição e metarredes.


Além de May, o evento contará também com a presença de Daniel Wahl, autor do livro "Design de Culturas Regenerativas", nascido e criado na Alemanha e atualmente residindo em Maiorca, Espanha, onde trabalha como consultor, educador e ativista, dedicando-se há mais de 20 anos aos estudos da natureza e dos sistemas ecológicos. Em sua palestra, que ocorrerá no dia 14 de outubro, ele explorará o tema "Cultura Regenerativa e Sociedade Colaborativa", aprofundando-se nas dinâmicas de uma sociedade colaborativa por meio da cultura. A participação de Wahl será telepresencial, com interação ao vivo, e contará com a mediação de Ivy Frizo, facilitadora de processos colaborativos e consultora em Design Organizacional para fomento de Culturas Regenerativas (PACTO) e doutora em Ecologia (UFSCar) e especialista em Empreendedorismo Social (YIP- Suécia). É membro especialista da Rede Harmony with Nature (ONU) e fellow Youth Climate Leader.



No dia 13 de outubro, serão realizados dois Painéis Colaborativos com convidadas especiais para abordar cultura de paz e apresentar boas práticas colaborativas. O Painel Colaborativo 1, intitulado “Cultura de Paz e Saúde Integral na Educação”, contará com a presença de Helena Marujo, diretamente de Portugal, também de maneira telepresencial; Michelle Confessor, com experiência na Secretaria de Educação do DF e pós-graduada em Pedagogia da Cooperação; Fábio Eon, Coordenador de Ciências Humanas e Sociais e Ciências Naturais na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); e Maria Paula, atriz, apresentadora e que hoje atua como psicóloga, embaixadora da Paz e colunista do Correio Braziliense.


Já no Painel Colaborativo 2, o tema será "Boas Práticas Colaborativas em Inovação Social, Desenvolvimento Pessoal e Regeneração Ambiental", com a presença de Marcos Sorrentino, Diretor do Departamento de Educação Ambiental e Cidadania do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima; o casal Iara e Eduardo, que vendeu tudo o que tinha e há 12 anos mora em um carro procurando pessoas que mudam o mundo - mais conhecidos como os Caçadores de Bons Exemplos; e Wilson Nobre, pesquisador do Fórum de Inovação da FGV-EAESP, empresário, incentivador da Teoria U e integrante do grupo gestor da Cátedra do Amor da UNIPAZ.


O evento promete ser uma experiência social enriquecedora, contribuindo para o aprendizado de todas as pessoas participantes, além de proporcionar momentos divertidos e interativos, como as rodas de conversa ao longo da programação e os Laboratórios de Com-Vivências. "Esses momentos serão de grande valor para aqueles que desejam fazer networking e se conectar com empresários, estudantes, familiares, profissionais da área de educação ou simplesmente pessoas que compartilham o desejo de construir uma sociedade mais colaborativa", afirma Fábio Brotto, um dos organizadores do festival.


Para Fábio, será uma oportunidade extraordinariamente rara reunir tantas autoridades no campo da Cooperação e Regeneração. “Por isso, este evento é uma incrível chance para aprofundar-se no tema e conectar-se com indivíduos que estão co-criando soluções colaborativas para beneficiar a todas as pessoas, sem exceção", afirma.


Durante esses três dias, os palestrantes abordarão temas como Design Regenerativo, Cultura de Paz e Saúde Integral, Educação Antirracista, Boas Práticas de Inovação Social, Organizações Colaborativas, Pedagogia da Cooperação e outras metodologias colaborativas, além de discutir a gestão da diversidade e o futuro da humanidade. As inscrições estão abertas no site ficoojunto.org. "Qualquer pessoa interessada em cooperar para um mundo mais inclusivo, solidário, colaborativo, pacífico, sustentável e regenerativo pode se inscrever", conclui Fábio.


SERVIÇO:

Festival Internacional da Cooperação - FICOO Data: 12 a 14 de outubro de 2023 Local: Colégio Marista - Unidade Ensino Médio (conhecido como Maristão). SGAS II St. de Grandes Áreas Sul 615 Módulo C - Brasília, DF, 70200-750 Valores: R$ 430,00 a R$ 835,00, de acordo com os diferentes lotes e públicos Inscrições: https://ficoojunto.org/inscricoes/ Contato: ficoo@projetocooperacao.com.br Instagram: @ficoo.oficial Facebook: @ficoofestival


Sobre o Projeto Cooperação - O Projeto Cooperação nasce em 1992, na cidade de Santos (SP), com a missão de oferecer soluções colaborativas para o desenvolvimento individual e coletivo por meio de consultorias, palestras, oficinas, cursos, publicação de artigos e livros, além de duas pós-graduações pioneiras (Jogos Cooperativos e Pedagogia da Cooperação) e eventos nacionais e internacionais, como o Festival Internacional da Cooperação (FICOO). Milhares de pessoas e centenas de organizações fazem parte dessa comunidade, comprometidas em servir ao bem comum por meio de Jogos Cooperativos, Metodologias Colaborativas e da Pedagogia da Cooperação.


Comentarios


bottom of page