8ª Feira do FUGA apresenta a produção de artistas visuais do Distrito Federal


Com o objetivo de criar um espaço para comercialização de obras produzidas por artistas do Distrito Federal, nos dias 18 e 19 de dezembro, sábado e domingo, das 15h às 22h, acontece a 8ª Feira do FUGA, com a participação de 38 bancas de artistas visuais do Distrito Federal, food truck e bar. Nesta edição os artistas apresentam obras em pintura, desenho, fotografia, gravura, objeto e escultura a preços acessíveis. No sábado, às 18h, acontece a intervenção poéticaEm tempos de Desassossego, Fernando Pessoa | Leituras de João Antônio e Malu Verdi”. Com entrada gratuita e classificação indicativa livre para todos os públicos, a Feira é realizada no Ateliê Valéria Pena-Costa que fica na SHIS QI 26 Conjunto 5 Casa 1 – Lago Sul. Contato pelo Wpp +55 61 81247239 e Instagram @feiradofuga.

A Feira do FUGA é um espaço onde os artistas visuais independentes apresentam suas mais recentes produções. Alguns estão em importantes coleções privadas e de instituições públicas. “Além de pessoas que vêm em busca de uma proximidade maior com a arte, agentes do sistema da arte como curadores, galeristas e colecionadores costumam frequentar o FUGA para conhecer o que os artistas estão produzindo, conversar com eles e levar novas obras para seus acervos”, explica Valéria Pena-Costa, idealizadora do FUGA.

Participam da 8ª edição da Feira do FUGA os artistas AZUL, Biophillick, Carlos Monaretta, Carlos Silva, Casa Aerada Varjão, Cintia Falkenbach, Courinos, Dalton Camargos, Gustavo Silvamaral, Jamila Maria Bali, Júlio César Lopes, Leci Augusto, Leopoldo Wolf, Léo Tavares, Lis Marina Oliveira, Lorenzo Cordella, Luisa Günther, Marcos Antony, Marilu Cerqueira, Mário Jardim, Natasha de Albuquerque, Nivalda Assunção, Pamella Anderson, Patrícia Bagniewski, Paula Catu, Paulo Andrade, PIRAS, Quetzal Objetos, Rafael Marques, Raylton Parga, Suyan de Mattos, Sziah, Thiago Pinheiro, Tiago Esperanza, Valéria Pena-Costa, Vanessa Liberato, Virginia Scotti e Lino Valente.

Sobre a Feira do FUGA

O entusiasmo de um primeiro encontro em forma de bazar no ateliê de Valéria Pena-Costa propiciou o surgimento da Feira do Fuga. Foi em 2018, durante um circuito de visitação de espaços de arte em Brasília. Para evitar o tédio de uma espera solitária pelas sequências de visitantes, Valéria convidou amigos artistas, entre eles, dois galeristas. A ideia era fazer uma mostra resumida de pequenos formatos a preços módicos. Ali mesmo surgiu a ideia de uma feira que pudesse ser realizada com regularidade. De lá pra cá, foram 7 edições e o número de artistas cresceu a cada evento.

A Feira do FUGA proporciona o convívio entre artistas de diferentes gerações e trajetórias, e um contato direto desses com o público, formado por habitués e por novatos no interesse pela arte. A ideia é ampliar esse público, estimular contatos e gerar intimidade com o universo da arte. Artistas jovens têm na feira um ambiente de aprendizado, visibilidade e possibilidade de primeiras vendas de suas obras, assim como contato direto com curadores, colecionadores e galeristas. A feira é uma pequena amostra do mercado de arte e é fundamental, para o artista, entender seu funcionamento.

Sobre a realizadora

Valéria Pena-Costa nasceu em Monte Carmelo (MG), vive e trabalha em Brasília (DF). É artista visual, com bacharelado em pintura, pela Universidade de Brasília. Vem realizando exposições coletivas e individuais desde 1992. Utiliza-se de múltiplas linguagens no desenvolvimento do seu trabalho, cujo tema central é o Tempo desdobrado na Decomposição das coisas e na Memória coletada. Decomposição, esta, que se dá ao acompanhamento e observação do fenômeno em andamento, ou seja, no gerúndio da ação. Coordena o Projeto Fuga, que consiste em movimentos seriados de mostras de arte, oficinas, ciclos de encontros culturais e residências artísticas a partir de seu ateliê. Realiza a Feira do Fuga.

Serviço:

8ª Feira do FUGA

38 estandes de artistas, coletivos e ateliês

Pintura, desenho, fotografia, gravura, objeto e escultura

Food Truck e Bar

Quando | 18 e 19 de dezembro