Aulas gratuitas de defesa pessoal para elas marca o mês das mulheres


Gratuidade para mulheres em aulas de krav-magá marca campanha da escola de danças e artes marciais Studio 3 no combate à violência doméstica

O crescimento dos registros de violência doméstica assusta, mas também demostra que as mulheres estão cada vez mais confiantes em denunciar as agressões - segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), houve, em 2019, no DF, um aumento de 7,6% nas ocorrências registradas em relação ao ano anterior, sendo que 73% dos casos foram relacionados à violência moral ou psicológica, ou seja, antes de uma violência física. Em tempos de empoderamento feminino, a Studio 3 resolveu comemorar o Dia Internacional da Mulher (8 de março), colaborando no combate à violência doméstica por meio da capacitação de mulheres com técnicas de defesa pessoal. Durante todo o mês de março, a escola de danças e artes marciais oferecerá aulas de Krav-maga gratuitas para elas, sem cobrança de mensalidade ou taxa de matrícula. Inscrições e mais informações pelos telefones (61) 99931-3330 e 99934-3330.

Krav-maga, em hebraico, quer dizer combate de contato. Com técnicas de defesa pessoal israelense, envolve movimentos de luta, torções e defesa contra armas, bastões, facas, agarramentos e golpes. A modalidade serve para capacitar qualquer pessoa a sair de situações de agressão, imediatamente. “O krav-maga, por ser uma arte marcial criada exclusivamente para defesa pessoal, tem como objetivo preparar os praticantes a se defenderem contra qualquer ameaça física, seja ela dentro ou fora de casa, e o mais rápido possível”, explica o instrutor Thiago Soares, que acrescenta: “a ideia é neutralizar o inimigo com apenas um golpe, por isso, ensinamos golpes em regiões sensíveis do corpo, como garganta, olhos, joelho, nariz, costelas, genitais e qualquer região que faça o agressor ir ao chão de imediato”.

Já nas primeiras aulas é possível aprender como se livrar de um enforcamento e de quem segura forte o braço, por exemplo - situações comuns de violência doméstica. “A partir de técnicas simples e eficazes, é possível dominar o agressor facilmente”, conta Thiago. Segundo ele, o Krav-maga não é uma luta, mas um treinamento, que, além das técnicas de defesa, se desenvolve como uma atividade física intensa, capaz de queimar de 500 a 700 calorias por aula.

“Nessa tendência de empoderamento que vivemos hoje, não tem preço para a mulher poder sair sozinha, ilesa e rapidamente de uma situação de violência. E é isso que o Krav-magá proporciona”, conta Juliana Ribeiro, sócia-proprietária da escola, que repete a ação pela segunda vez. “Lançamos a campanha em 2019 e sinto que ajudamos muitas mulheres. Pretendo repeti-la sempre”, explica.

As aulas de Krav-maga poderão ser realizadas nas duas unidades da Studio 3. No Jardim Botânico, as aulas acontecem nas segundas e quartas-feiras, das 19 às 20h30 e, nas terças e quintas-feiras, das 8 às 9h30. Na Asa Norte, há turmas nas terças e quintas-feiras, das 18 às 19h. As vagas são limitadas, sujeitas à lotação das turmas. Por isso, é necessário realizar a inscrição prévia em uma das unidades.

Em março, além da gratuidade nas aulas de Krav-maga, mulheres também terão isenção da taxa de matrícula na adesão de qualquer modalidade da escola.


Serviço

Mês das mulheres: aulas gratuitas de defesa pessoal para elas

Data: até 31 de março de 2020

Local:

- Unidade II - Asa Norte: 509 Norte Conj B Térreo Edifício Contag

- Unidade I - Jardim Botânico: Condomínio Solar de Brasília, Quadra 2, Bloco A, Sobreloja 1 e 2

Inscrições e informações: 61 99931-3330, ou 61 99934-3330

Vagas limitadas

Publicidade

© 2021 por Rodac Comunicação Criativa