top of page

Aumento da obesidade no Brasil impulsiona o crescimento do setor e do consumo de alimentaçãosaudável


No Brasil, toda a população, desde crianças até idosos, tiveram aumento de peso corporal nos últimos anos. Isso ocorreu devido ao reflexo da pandemia da Covid-19. As pessoas ficaram mais tempo em casa e praticaram menos atividades físicas. Além disso, como o teletrabalho se popularizou mais nesse período, elas podiam ter acesso fácil à comida e menos esforço físico em sua rotina.

Dados do Ministério da Saúde, obtidos em um levantamento inédito, apontam que a obesidade atinge 6,7 milhões de pessoas no Brasil. O número de pessoas com obesidade mórbida ou índice de massa corporal (IMC) grau III, acima de 40 kg/m², atingiu 863.086 pessoas no ano passado.

Em 2019, 407.589 pessoas foram diagnosticadas com obesidade grau III, o que representava 3,14% das pessoas monitoradas. Já em 2022, o número subiu para 863.083 brasileiros diagnosticados com o mais grave nível de obesidade, totalizando 4,07% da população. Esse ponto percentual representa um crescimento de 29,6% em apenas 4 anos.

A obesidade grau I atinge 20% e a obesidade grau II já é 7,7% da população, o que representa 1,6 milhões de pessoas em 2022. Já o sobrepeso atinge atualmente 31% ou 6,72 milhões dos brasileiros.

A obesidade é uma doença que atinge todas as faixas etárias, sendo as duas últimas, adultos e idosos, as mais acometidas.

Enquanto isso, a projeção de crescimento para o mercado de bem-estar (alimentação saudável, nutrição e emagrecimento) é bastante promissora para os próximos anos, tendo em vista a piora da saúde e condição de vida humana nos últimos anos, segundo o último relatório Global Wellness Summit. Embora o segmento tenha contabilizado US$ 945,5 bilhões em 2020, estima-se que o crescimento anual será de 5,1%, chegando a US$ 1,209 trilhão em 2025.

Somando-se a esses números o fato de que 96 milhões de brasileiros com mais de 18 anos estão com sobrepeso ou obesidade, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado em outubro de 2020, empresas associadas à alimentação saudável, bem-estar e nutrição esportiva têm ganhado destaque no país.

"A pandemia da Covid-19 teve seus dois lados, o crescimento de doenças vinculadas aos hábitos ruins ao longo da vida, quanto a conscientização de boa parte da população por um melhor estilo de vida e bem-estar. Seja por um lado ou por outro, sentimos o impacto e o aumento da mudança através da alimentação. O público direcionado às nossas lojas através de profissionais da saúde foram consideráveis e isso só vem aumentando. Somos muito felizes em poder cumprir o papel que gostaríamos de entregar desde o início da Bio Mundo: levar saúde, bem-estar e qualidade de vida aos nossos clientes e a todo Brasil", conta Edmar Mothé, CEO da Bio Mundo, rede de produtos e alimentos saudáveis, que proporciona através de suas unidades, uma vasta gama de produtos e ingredientes para uma alimentação saudável, para dietas específicas e que consequentemente auxiliam no emagrecimento e na reeducação alimentar. A variedade vai de itens diet, light, integrais, veganos, vegetarianos, sem glúten, sem lactose, e toda a parte multifocada nutricional e de suplementação. Uma diversificação que permite atrair os mais diferenciados clientes e necessidades alimentares.

O setor de alimentação saudável tem crescido exponencialmente a cada ano e reflete o comportamento da população, que recentemente tem buscado alternativas para melhorar a qualidade de vida, a longevidade e a cura de doenças da atualidade.

Não é à toa que o Brasil é um dos mercados mais promissores para a venda de produtos naturais, segundo dados da Euromonitor Internacional. Movimenta, em média, US$35 bilhões ao ano no segmento e atualmente é considerado o quarto país que mais vende alimentos e bebidas saudáveis no mundo. Está ao lado da China e se aproxima dos maiores consumidores mundiais: América do Norte, Europa Ocidental e algumas nações da Ásia e do Pacífico.

Sobre a Bio Mundo

A Bio Mundo, rede de lojas de produtos naturais e nutrição esportiva, foi fundada em 2015, em Brasília, pelo empresário Edmar Mothé ao lado dos filhos Rafael, Bruna e Adriana. Suas filhas, em especial, já consumiam e "faziam parte" do universo mais saudável e fitness, o que colaborou e incentivou o início de toda a criação.

Possui mais de 150 lojas espalhadas em 19 estados do Brasil em apenas 8 anos de história. Conta com 3.000 produtos em prateleira e mais de 300 opções de produtos à granel.

É a vencedora do Prêmio Líderes do Brasil, com case de expansão regional e nacional e dona do Selo de Excelência em Franchising pela Associação Brasileira de Franchising - ABF.


Comments


bottom of page