Autora de Brasília publica romance de estreia pela Companhia das Letras


“Apague a luz se for chorar” sairá pela editora Alfaguara no começo de fevereiro

A editora Alfaguara, selo da Companhia das Letras, publica no próximo mês o romance de estreia de Fabiane Guimarães, escritora goiana de 29 anos que vive em Brasília. “Apague a luz se for chorar” entrelaça duas histórias de suspense, ambientadas na capital e em Pirenópolis, para refletir sobre o que significa ter uma família e o preço que estamos dispostos a pagar para mantê-la. Na trama, Cecília, uma veterinária que acabou de perder os pais, precisa ir até a cidade turística goiana para enterrar os corpos. Ela, no entanto, desconfia da possibilidade de um assassinato silencioso. Enquanto isso, o também veterinário João, pai solteiro de um menino com paralisia cerebral, trabalha no Centro de Zoonoses durante o dia e procura outras formas de ganhar dinheiro durante a noite. O objetivo é bancar um tratamento experimental para o filho. As duas histórias se encontram de forma inesperada e emocionante, em uma prosa de estilo poético e visceral.


Fabiane Guimarães nasceu no interior de Goiás e cresceu em Formosa, a 80 km de Brasília. Mudou-se para o Distrito Federal aos 17 anos, onde cursou jornalismo na Universidade de Brasília (UnB). Tem vários contos publicados em revistas semanais e antologia. É autora da novela “Pequenas esposas”, publicada de forma seriada pela Revista AzMina. “Apague a luz se for chorar” chamou a atenção da Alfaguara, que resolveu investir na autora. O romance tem previsão de lançamento para 12 de fevereiro e está em pré-venda.

Publicidade

© 2021 por Rodac Comunicação Criativa