top of page

Banda do Candinho comemora 40 Carnavais com homenagem a Zé Celso

Uma homenagem a arte irreverente e corajosa do teatrólogo José Celso Martinez Correa e a defesa de organizações que trabalham pelo combate à fome são os temas que estarão em destaque no desfile da Banda do Candinho neste ano de 2024, que acontece no dia 7 de fevereiro a partir das 19h, no bairro do Bixiga, em São Paulo.

 

Com as tradicionais marchinhas e frevos carnvalescos, além das famosss passistas, uma banda musical e bateria afinadas  garantirão muita animação no desfile que é famoso por atrair multidões.

 

O bloco, um dos pioneiros do carnaval de rua paulistano, comemora 40 carnavais e 42 anos de existência e resistência, como afirma o presidente Candinho Neto, que é jornalista, fundador da Associação das Bandas Carnavalescas de São Paulo/Abasp e tão icônico quanto o bloco. "Nascemos na rua Major Quedinho, nos corredores do antigo jornal Diário Popular e desde então em meio aos desafios, nunca deixamos de executar a proposta maior, levar para as ruas e para a população a arte e a alegria do carnaval, de forma gratuita e democrática", afirma.

 

Democratizar a arte era também uma das maiores bandeiras do teatrólogo Zé Celso, que morreu no ano passado. O artista, criador do Teatro Oficina será homenageado no desfile da Banda do Candinho, que contará com a presença do companheiro do diretor e vários atores e atrizes que seguem desenvolvendo o projeto de Zé Celso. "O Teatro Oficina é uma das grandes pérolas do bairro do Bixiga e Zé Celso é nosso eterno gênio da criação. A homenagem da Banda do Candinho é mais do que justa, pois a contribuição do Zé para cultura brasileira e do mundo é inestimável", comenta o presidente do bloco.

 

Filhos do Zé - Para a homenagem estarão presentes no desfile da Banda do Candinho o bloco carnavaslesco "Filhos do Zé", coordenado por Márcio Teles, do Teatro Oficina e ainda componentes da Escola de Samba Nenê de Vila Matilde.

 

Apoio ao combate à fome

 

Além da ode à Zé Celso, a Banda do Candinho também destacará a importância do trabalho de entidades assistenciais que atuam no combate à fome em São Paulo, como a Cozinha Ocupação 9 de Julho e 0 Projeto Ação de Rua SP, que entregam refeições a pessoas em situação de vulnerabilidade. Para tanto, o Bloco pede apoio aos foliões na forma de contribuições em alimentos e doações financeiras para as entidades.

 

"Essas entidades se somam às ações do poder público e ajudam a impedir que milhares de pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade deixem de se alimentar, por isso reconhecer sua importância e apoia-las é quase um dever de todos nós", afirma Candinho Neto.

 

Dados para Doações (de quaisquer espécie) podem ser encontrados nas redes sociais das entidades: 

@cozinhaocupacao9dejulho

@acaoderuasp

 

Corte LGBTQIA+ do Carnaval de Rua e Corte Oficial do Carnaval de São Paulo

Neste ano estarão presentes na Banda do Candinho, a primeira Corte LGBTQIA+ do Carnaval de Rua de São Paulo,  coordenada pela Lady Fama Rey Neves, além da Corte Oficial do Carnaval paulistano, com Rei Momo, rainha e princesas, coordenada pela SPTuris.

 

 

SERVIÇO

Desfile Banda do Candinho

Tema: Zé Celso - Gênio do Bixiga

Data: 7/02 - Concentração: a partir das 19h

Local: Rua Santo Antônio, esquina com Rua Treze de Maio - Bixiga, São Paulo

Apoios: ABASP - Associação das Bandas Carnavalescas de São Paulo -, Secretaria Municipal da Cultura de SP e Sindicato dos Comerfciários de SP.


bottom of page