Brasília 62 anos: a capital dos empreendimentos de impacto



Brasília é conhecida mundialmente por seu projeto arquitetônico único, inovador e moderno. Completando 62 anos neste ano, o modernismo não chama a atenção somente pelas construções, mas também pela sustentabilidade de organizações de apoio a empreendimentos de impacto.


Os negócios de impacto são uma alternativa para empreendedores que almejam fazer mudanças significativas na sociedade. De acordo com o Mapa de Negócios de Impacto de 2020, 19% das organizações de apoio a empreendimentos de impacto estão no Centro Oeste, o que inclui Brasília.


O Impact Hub Brasília, por exemplo, é uma organização intermediária que fomenta o ecossistema de impacto, fortalece a atuação dos empreendedores locais e articula redes e comunidades para estimular diálogos e inovações sociais.


Embora o país não esteja na fronteira tecnológica para inovação, o Distrito Federal destacou-se nos quesitos ‘publicação científica’ e ‘infraestrutura de telecomunicações’, em cujas categorias o DF está em 1º lugar no país (FAP-DF, 2019). A integração de ciência, infraestrutura, talentos e boas políticas de fomento à inovação possibilitam que o Distrito Federal seja terreno fértil para empreendimentos inovadores.


Deise Nicoletto é economista, pós-graduada em Administração Estratégica e fundadora do Impact Hub Brasília – que faz parte de uma rede global que conecta pessoas a causas de impacto. Para ela, Brasília é o palco ideal para fomentar negócios de impacto.


“Com a juventude, a força da periferia e pessoas dispostas a fazerem a diferença no cenário que vivem, podemos mudar as narrativas e trabalhar em busca de soluções para problemas que nos afetam sócio, econômico e ambientalmente. Brasília é o cenário ideal com grandes chances de expansão para os negócios de impacto”, comenta a CEO do Impact Hub Brasília.


Diferentemente das empresas tradicionais, os negócios de impacto têm como objetivo principal solucionar um problema socioambiental, ou seja, visam o lucro e o impacto. Novas maneiras de fazer negócios surgem todos os dias e são fundamentais para uma sociedade mais justa e sustentável.


A cidade da inovação


Regionalmente, ressalta-se o Projeto de Lei da Inovação nº 1.536, de 2017, pelo qual o Distrito Federal se tornou a primeira unidade da Federação a ter uma lei local de inovação, somando-se à Política Distrital de Ciência, Tecnologia e Inovação – Inova Brasília, instituída pelo Decreto nº 38.126 de 2017.


Além disso, de acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Startups (ABSStartups) de 2019, no que se trata de empreendimentos inovadores, especificamente, a comunidade de startups de Brasília é a maior da região Centro-Oeste em número de startups, sendo ao todo mais de 209 startups ativas.


Fomentando a inovação e o empreendedorismo, o Impact Hub Brasília dispõe de um espaço compartilhado como um ambiente de apoio e desenvolvimento da agenda e pautas do ecossistema de impacto e da comunidade local. ''Nosso espaço compartilhado, situado no centro de Brasília, estimula a coletividade, a colaboração e a criatividade, aproximando pessoas e causas de impacto. Aqui temos compromisso com a sustentabilidade e acessibilidade, promovendo a inclusão e a diversidade, com acessibilidade e espaços versáteis”, comenta Deise Nicoletto.


O coworking também faz a gestão de resíduos do espaço, utilizando composteiras e ecopontos de separação dos materiais. A sinalização do local também foi produzida com material reutilizado.