top of page

Cartão de crédito é meio de pagamento preferido no setor de franquias

O cartão de crédito é o meio preferido do brasileiro para fazer compras no varejo. É o que aponta um levantamento feito pela plataforma de gestão financeira F360, que tem mais de 12 mil pontos de venda em sua base de clientes e por onde passam cerca de 12% das movimentações do franchising brasileiro.

De acordo com o estudo, esse meio de pagamento corresponde a 40% das transações realizadas este ano até outubro. Nesse recorte, entram as compras feitas na modalidade crédito à vista (32% do total de transações), crédito parcelado (7%) e crédito parcelado em mais de seis vezes (1%).

Na sequência, o pagamento por cartão de débito aparece na preferência do consumidor, com 34% do total de transações no mesmo período. Depois surgem o dinheiro, com 15%, e o pix, com 6%.

Hynde Fonseca Neto, COO da F360, explica que essa parcela de 6% atribuída ao pix não é pequena. “Essa modalidade ganhou força após a pandemia, principalmente para a transferência de dinheiro entre pessoas”, comenta. “Para compras no varejo ainda há muita fricção. É preciso entrar no app do banco, escanear o QR Code ou digitar o CNPJ do vendedor. Bem mais complicado do que o cartão de crédito ou débito físico ou mesmo instalado na carteira digital, que permite fazer o pagamento por aproximação.”

 

Oportunidades

Compreender o comportamento do consumidor ao fazer suas compras colabora para que franqueados e varejistas possam utilizar melhores estratégias de vendas.  Como existem muitos meios de quitar um compromisso é fundamental disponibilizar alternativas que garantam comodidade e segurança na compra de um produto ou serviço.Em cidades do interior, por exemplo, ainda é comum a venda por carnês. Já no e-commerce, atualmente, as opções mais tradicionais são o cartão de crédito e débito, os boletos e o pix à vista ou parcelado.

Para saber quais são as formas ideais ao seu negócio é necessário conhecer as vantagens e desvantagens deles, e na sequência, fazer a escolha das opções que você vai disponibilizar. Também é importante entender as necessidades dos clientes, pois seu comportamento interfere na adição ou exclusão de um meio de pagamento.

A tendência de oferecer uma ampla gama de modalidades de pagamento, incluindo vouchers, cartões de benefícios e transações digitais por meio de aplicativos, é cada vez mais forte. "Há alguns anos já é comum aos bancos usarem a biometria do cliente para confirmar transações financeiras. O Varejo também começa a se apropriar cada vez mais dessa prática, e as possibilidades são ilimitadas. Cabe ao varejista estar aberto a oferecer as opções mais convenientes ao cliente sem perder de vista a gestão financeira", orienta Hynde Fonseca Neto.

Com o aumento diário no volume de transações e em diversas modalidades de recebimento (cartão, pix, dinheiro, boletos, Apps etc.), o lojista precisa gerir suas contas a receber de forma eficiente, mitigando perdas financeiras e reduzindo o prazo médio, de forma a melhorar sua lucratividade.

"A partir da automatização da gestão financeira, o lojista tem vários benefícios. Ganha tempo e assertividade. Mas também tem a possibilidade de recuperar valores de cobrança indevidas, graças à conciliação de cartões automática, processo que é bem mais difícil de ser feito manualmente, devido ao volume de transações com cartões que um estabelecimento recebe por dia. Só no F360 Finanças são realizadas cerca de 319 mil transações por dia, considerando operações com cartão de crédito à vista, crédito parcelado e débito", completa Hynde.

O "recuperômetro" da F360 - índice que registra os valores recuperados pelos clientes através de cobranças inconsistentes - contabiliza um ressarcimento de R$ 100 milhões, até o momento.

Sobre a F360

Plataforma de gestão financeira para franquias e varejo fundada em 2014 por Henrique Carbonell. Em 2020, recebeu investimento da HiPartners e HIX Capital. Atualmente, atende mais de 11 mil pontos de venda com sua solução.


Posts Relacionados

Ver tudo

Especialista explica sobre holding familiar

Holding familiar é uma empresa que possui participação acionária significativa em outras empresas, geralmente com o objetivo de administrar e controlar o patrimônio familiar, bem como facilitar a suce

bottom of page