top of page

Coletivo Maria Cobogó lança livro educativo sobre Dulcina no Beirute


O livro traz, de forma lúdica e poética, a vida e a obra de Dulcina, que nasceu aplaudida, revolucionou a carreira dos atores brasileiros e trouxe do Rio para Brasília a Fundação Brasileira de Teatro. A coleção Mestres Cobogós, escrita por Ana Maria Lopes e Marcia Zarur, pretende dar visibilidade a personalidades que, como ela, ajudaram a construir Brasília. Ao andar pela cidade, muitas vezes, não sabemos que são os autores que contribuíram para sua riqueza e beleza artística, arquitetônica e urbana. O 1º volume da Coleção foi dedicado a Glenio Bianchetti e o 2º a Athos Bulcão e agora um livro sobre essa pioneira das artes, que escolheu Brasília para viver.

Com projeto gráfico esmerado de Beatriz Socha, as fotos de Dulcina ganham vida nas páginas vermelhas, como o batom que ela gostava de usar. Os livros da coleção possuem um encarte elaborado pela psicopedagoga Solange Cianni, também integrante do Coletivo Maria Cobogó. No material há sugestões de como trabalhar o conteúdo do livro com os pequenos leitores em casa ou em sala de aula. Há também, em cada livro, material interativo para estimular a imaginação e a criatividade das crianças.

Venha participar dessa festa das artes e desse ato em defesa de Dulcina de Moraes!


SERVIÇO: Lançamento do livro Dulcina de Moraes, das escritoras Ana Maria Lopes e Marcia Zarur – uma biografia infanto-juvenil da atriz DATA: 27/09/23 HORÁRIO: das 17h30 às 22h LOCAL: Beirute, 109 Sul PREÇO: R$ 75,00 (setenta e cinco reais)

bottom of page