top of page

Como presentear quem não gosta de chocolate na Páscoa

Parece brincadeira, mas realmente há pessoas que não gostam do derivado mais famoso do cacau. Mas, como a vontade de presentear a quem amamos é grande, a solução é usar a criatividade e seguir as dicas da coordenadora e professora do curso de Nutrição do Centro Universitário IBMR, Patrícia Santos. 

“As datas comemorativas são oportunidades para demonstrarmos carinho. E uma das maneiras mais antigas, gostosas de demonstrar carinho, de presentear quem é importante para nós é construindo o presente. Nesta linha de pensamento, vamos nos aventurar na cozinha”, convoca a professora do IBMR, instituição carioca que integra o Ecossistema Ânima de ensino.

A professora dá a ideia e as receitas também. Tudo fácil, econômico e que pode ser preparado na cozinha de casa mesmo. Detalhe: capriche na embalagem personalizada e se atente para a higienização das embalagens antes de acondicionar os alimentos. Vamos a elas: 

1 - Que tal preparar um bolo? Pode ser de cenoura e colocar a cobertura que achar melhor (doce de leite, goiabada, geleias, frutas).

2 - E os biscoitinhos de amido de milho? São saborosos! Para quem gosta, também pode incluir coco ralado. Os potinhos onde serão armazenados e entregues fazem toda diferença.

3 - Que tal comprar potinhos de vidro bem bonitos e baratos, encher de canjica e presentear a família e amigos? Lembre-se antes de esterilizar o pote, fervendo-o em água quente por alguns minutos e deixando esfriar de boca para baixo sobre um pano limpo e seco.

4 – Você pode preparar aperitivos como caponata de berinjela, batata calabresa (batata bolinha cozida, refogada com cebola, alho, pimenta calabresa, alecrim e bastante azeite).

5 - Enfim, use a criatividade, prepare algo com muito amor e entregue em potes de vidro, que podem ser utilizados para várias coisas, tanto na cozinha quanto fora dela. Seja original fazendo algo especial para quem receberá.

As receitas a seguir também fazem parte do “kit ajuda de Páscoa” da professora e nutricionista Patrícia Santos. 


Caponata de Berinjela Colorida

Corte a berinjela no sentido do comprimento fazendo palitinhos (tamanho que seja fácil pegar com uma colher para servir), misture com pimentões vermelho e amarelo cortados da mesma maneira, cebola, alho picado, azeitona, temperos secos (alecrim, pimenta-do-reino moída, orégano). Misture tudo e regue com azeite.

Leve ao forno até a berinjela murchar. Mexa de 20 em 20 minutos. Depois coloque em um pote de vidro e complete-o com azeite.

Deixe na geladeira para apurar o sabor, pelo menos de um dia para o outro. Coma com torrada, na salada, entre outros. Os ingredientes dos temperos podem ser alterados de acordo com o gosto pessoal.


Batata Calabresa Vapt-vupt

Compre batatas bem pequenas (batata bolinha), lave em água corrente e cozinhe com casca (faça uns furinhos com a ponta da faca para o tempero penetrar), cozinhe (não pode ficar molenga) e despeje no escorredor para sair a água.

Refogue as batatas já escorridas com azeite, cebola, o alho, alecrim seco, pimenta calabresa (cuidado para não colocar muito e ficar ardido demais) e deixe em fogo baixo para pegar gosto. Depois de prontas, coloque-as em um pote e adicione mais azeite. 


Canjica Pascoalina

Para quem tem pouco tempo, já existe a canjica cozida. É mais cara, mas bem mais prática, basta apenas adoçar e colocar os complementos.

Coloque a canjica cozida e uma quantidade de leite proporcional numa panela funda, adicione açúcar e especiarias como cravo, canela e anis estrelado.

Pode adicionar amendoim moído e/ou coco ralado.

Cozinhe em fogo baixo, até que a canjica chegue na consistência do seu gosto. Coloque em potes esterilizados e presenteie.

Comments


bottom of page