top of page

Conjunto Nacional promove desfile que alia moda e inclusão


 Viver a maternidade pode significar viver experiências ricas e conflitantes, em que dores e amores convivem diariamente. Para mulheres com deficiência ou que vivenciam um diagnóstico de câncer, essas experiências são ainda mais potentes. Para receber e homenagear esse público, o Conjunto Nacional, em parceria com a Agência GJM Fashion Inclusivo e a Rosas do Cerrado, promove no próximo domingo, 19/05, o Fashion Inclusivo, um evento que contará com desfile de moda e roda de conversa com o intuito de promover a inclusão social sob a temática do câncer, deficiências e diversidade, ao dar visibilidade a essas causas durante o mês das mães.

“Por ser um local que recebe um público muito diverso, o Conjunto Nacional abraça essas causas e valoriza as diferentes formas de encontro e socialização, onde experiências bem-sucedidas são compartilhadas, criando momentos contagiantes de sorrisos e fé para a comunidade, em especial, em momentos de celebração como o mês das Mães”, comenta Renata Salino, superintendente do Conjunto Nacional. 

A programação tem início às 16h com a roda de conversa “A Maternidade Exercida de Muitas Formas”, que conta com a presença de mães de diversos perfis. As convidadas são: Mônika Pereira (Mãe de autista adulto), Angela Ferreira (Mãe solteira), Cíntia Cerqueira (Mãe em tratamento paliativo), Glória Regina (Mãe de Síndrome de Down) e Gisah Pinho (Mãe adotiva). O painel será uma oportunidade para debater temas como Moda inclusiva e diversidade na passarela, Empoderamento feminino e autoestima materna, assim como de divulgar perfis de mulheres diagnosticadas/curadas do câncer para incentivo e motivação às que estão em tratamento, apoiar as necessidades das mulheres com deficiência e sensibilizar a sociedade sobre a diversidade das mães.

Na sequência, a partir das 17h, o evento contará com o desfile inclusivo “Tal Mãe, Tais Filhos”, que tem como guia a Moda Inclusiva, um segmento da moda que busca praticidade, funcionalidade e inclusão. É um meio de representatividade de pessoas com deficiência em um mercado marcado por estereótipos. A ideia é desfazer padrões estéticos da indústria da moda, mas principalmente, contribuir para a autoestima das mães pertencentes a esses grupos de apoio. 

“Além de colocar esse público-alvo como protagonista na passarela, a proposta é provocar reflexão junto à sociedade sobre a importância de contemplar corpos que a indústria costuma ignorar, embora quase um quarto da população brasileira tenha algum tipo de deficiência”, destaca Renata.

 

SERVIÇO

Fashion Inclusivo – Desfile e Roda de Conversa 

Data: 19 de maio (domingo)

Horário: a partir das 16h

Local: Jardim Urbano do Shopping Conjunto Nacional (3º piso, acesso pelos elevadores da Torre Vermelha ou escada fixa da Praça de Alimentação Sul).

Evento gratuito      


Comentarios


bottom of page