top of page

Exposição na CAIXA Cultural encerra temporada com oficina gratuita de xilogravura

          Natural de Natal (RN), Valdério Costa mudou-se para Brasília no início dos anos 80, onde alcançou estabilidade profissional por meio de sua arte, seja ministrando cursos, como professor da rede pública de ensino ou apresentando suas obras em diversas exposições no Brasil e no exterior. Sua produção, prioritariamente em Xilogravura, também pode ser apreciada na literatura com seus poemas.

 

          Convidado pelos curadores da exposição “A Quem Traspassaram”, Marcus Lontra e Rafael Peixoto, Valdério ministra, no dia 27 de janeiro na CAIXA Cultural, uma experiência prática de produção de obras na técnica de Xilogravura. Estudioso da história da arte, Valdério também irá compartilhar com participantes o surgimento desta arte no Brasil, sua aplicação e como vem se transformando ao longo do tempo.

 

 

Últimos dias

 

A Quem Traspassaram traz ao público esculturas de Chico Tabibuia e xilogravuras de Manuel Messias, ampliando o debate sobre a produção eurocentrada da arte brasileira, por se tratar de dois artistas que viveram à margem do mercado e sistema de arte à época. A mostra segue em cartaz na Galeria Vitrine da CAIXA Cultural Brasília até 28 de janeiro.

 

 

Serviço:

[Artes Visuais] A Quem Traspassaram

Local: CAIXA Cultural Brasília | Galeria Vitrine

Endereço: SBS Quadra 4 Lotes 3/4

Visitação: até 2 de janeiro de 2024

Horário: das 9h às 21h, de terça-feira a domingo

Bilheteria: entrada franca

Classificação: a partir de 14 anos

Acesso para pessoas com deficiência

Patrocínio: CAIXA e Governo Federal - União e Reconstrução

 

Oficina de Gravura, com Valdério Costa

Dia: 27 de janeiro (sábado), das 15h às 17h

Número de participantes: 20, maiores de 12 anos


Comments


bottom of page