top of page

Grupo Curta! homenageia Ziraldo com exibição do documentário ‘Ziraldo -- Era Uma Vez Um Menino" neste domingo, 7, no canal Curta!


Morto neste sábado (6), aos 91 anos, o cartunista Ziraldo recebe homenagem do Grupo Curta! com a exibição do documentário Ziraldo - Era Uma Vez Um Menino, no domingo (7), às 21h. Produção original do canal, o longa tem tom confessional e traz as histórias da vida e da profissão de um dos maiores cartunistas brasileiros. A abordagem afetuosa e intimista que perpassa os 100 minutos do filme se explica pela direção sensível de Fabrizia Alves Pinto, filha do artista. 

Para contar os muitos casos marcantes e deliciosos da carreira de Ziraldo, Fabrizia se valeu de entrevistas do pai. Em uma delas, Ziraldo conta que passou a infância, no interior de Minas Gerais, lendo avidamente gibis do "Batman" e do "Super-homem", os quais preferia a livros do "Sítio do Pica-Pau Amarelo". 

A primeira história em quadrinhos que criou, ainda criança, foi sobre um astronauta, o capitão Tex. Sobre essa fase da vida, ele diz: "A minha vida começa exatamente aos 8 anos. É o ano em que o menino é uma criança, não viveu ainda, mas já discerne, já tem opinião própria e já fez descobertas incríveis". Não por acaso, o Menino Maluquinho tem essa idade. A inspiração para a panela em sua cabeça foi das brincadeiras que o próprio Ziraldo fazia na infância. 

A amizade com o genial Millôr Fernandes, o trabalho com publicidade e, posteriormente, com charges políticas são relembrados no longa-metragem, sempre com comentários perspicazes do protagonista. 

Na época da ditadura, ele publicou ilustrações antológicas em "O Pasquim" e no "Jornal do Brasil". Um dos prazeres proporcionados pelo filme é conhecer a origem de alguns personagens célebres. Pererê, por exemplo, surgiu de uma campanha pela valorização dos quadrinhos nacionais: "Não é combater o que está entrando (de fora). É dar força para a permanência dos valores daqui, criar condições para que a criança conheça melhor o seu país", observou o artista. 

Realização da Lumen Produções, "Ziraldo - Era Uma Vez Um Menino" foi viabilizado por pelo canal Curta! com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). O filme está disponível no CurtaOn - Clube de Documentários. Para assistir, basta acessar a plataforma no Prime Video Channels – da Amazon -, na Claro TV+ ou no site oficial (CurtaOn܂com܂br). 

DOMINGO, DIA 7 DE ABRIL

21h - Ziraldo – Era Uma Vez Um Menino (documentário)

O filme retraça a trajetória e a obra de Ziraldo, por meio de depoimentos e entrevistas concedidos por ele ao longo de mais de quarenta anos, e de sua vasta produção artística. Uma história onde vida e arte estão entrelaçadas, contada por sua própria voz e emoção. No documentário ele faz reflexões sobre seu processo de criação, seus personagens, família, política e seu país. Direção: Fabrizia Pinto Duração: 100 min. Classificação: Livre Horários alternativos: 11 de abril, quinta-feira, às 20h30; 12 de abril, sexta-feira, às 00h30 e 14h30; 13 de abril, sábado, às 12h30; 14 de abril, domingo, às 22h e 15 de abril, segunda-feira, às 08h30

Promo: Link

Fotos: Link

 

Grupo Curta!

• O canal Curta!, linear, está presente nas residências de mais de 10 milhões de assinantes de TV paga e pode ser visto nos canais 556 da Claro tv, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra; além de em operadoras associadas à NEO. 

• O CurtaOn, clube de documentários do Curta!, disponível no Prime Video Channels, na Claro tv+ e no site da plataforma, conta com centenas de filmes e episódios de séries documentais organizadas por temas de interesse sobre cultura e humanidades. Há também pastas especiais com novidades – que estreiam a cada mês –, conteúdos originais, inéditos e exclusivos, biografias, além de uma degustação para quem ainda não é assinante do serviço. 

• O BrasilianaTV é o novo streaming do Curta!. Distribuído gratuitamente para todos os assinantes da Claro tv+ inicialmente sem custo adicional. O serviço oferece uma ampla gama de séries e filmes brasileiros, abrangendo tanto as ficções quanto os documentários, desde os clássicos do nosso cinema até produções mais recentes. 

• O Porta Curtas, primeiro e maior site de catalogação e exibição de curtas-metragens do Brasil, tem em seu acervo desde clássicos do cinema nacional a obras recentes que se destacaram em festivais. Para ter acesso ao catálogo, basta assinar o plano através do site oficial Porta Curtas ou via Claro tv+, no valor de R$ 6,90/mês. 

• O CurtaEducação, plataforma de streaming que une educação e entretenimento para promover ciência e cultura por meio do audiovisual. No site, as obras são classificadas por disciplinas e etapas de ensino, e são acompanhadas por ferramentas pedagógicas e materiais didáticos complementares. 

As atividades do Grupo Curta! também promovem a geração de royalties para produtores audiovisuais independentes, com a exploração de seus direitos audiovisuais nas diferentes janelas de streaming. Os catálogos CurtaOn, PortaCurtas e BrasilianaTV irão repassar anualmente, somados, perto de R$1,5 milhão de reais em royalties aos produtores dos conteúdos difundidos.

Comments


bottom of page