Habilidades circenses trazem benefícios no desenvolvimento dos jovens


As atividades promovem atitudes que impactam no potencial educativo, sendo uma forma diferente de trabalhar com o corpo e a mente dos praticantes

Noção espacial, criatividade, agilidade e bem-estar: estes são alguns dos benefícios proporcionados pelas aulas de atividades circenses. A atividade tem se tornado mais comum no Brasil e, atualmente, chama atenção por ser capaz de desenvolver o corpo e a mente dos seus praticantes que, inclusive, podem ser de qualquer idade.


Hoje em dia, sabe-se que algumas escolas têm adotado o ensino em sua proposta pedagógica justamente por não haver limitação de faixa etária. Segundo Dênis Pereira, professor de Circo, no Colégio Seriös, em Brasília, as atividades impactam no desenvolvimento cognitivo e melhoram a consciência corporal, a resistência física e até o humor dos praticantes.


“A arte circense preza pela interação interpessoal e pelo desenvolvimento de diferentes aspectos pessoais, como a sensibilidade na expressão corporal, a cooperação e o desenvolvimento da criatividade. Por meio dos exercícios, também é possível promover a melhora da auto superação, autoestima e autocontrole”, informa o professor.


Para os jovens, a prática se tornou recomendada por auxiliar em aspectos variados. Dênis acredita que os estudantes aprendem a superar o medo de altura e também entendem a importância de trabalhar em equipe. Para isso, é necessário investir na vivência e na prática circense.


O contato direto de crianças e adolescentes com essa cultura permite o aprimoramento de potencialidades expressivas e criativas. As habilidades relacionadas ao circo são aprendidas por meio de exercícios que envolvem equilíbrio, flexibilidade, coordenação motora e expressão corporal.


“Nosso propósito é oferecer condições para que cada um alcance o máximo potencial cognitivo e motor, para ser a melhor versão de si mesmo. Como resultado, vemos muitos jovens superando sentimentos como medo, vergonha, angústia e ansiedade. É incrível vê-los com coragem e força para superar dificuldades físicas e emocionais”, acrescenta.


Para o professor, a atividade circense é muito importante na educação física escolar e para o desenvolvimento de crianças e jovens, visto que é capaz de enriquecer ainda mais a formação do aluno de forma global, agregando, de forma lúdica, os conteúdos abordados em outras aulas que têm conteúdos clássicos da cultura corporal - esportes, lutas, danças e ginástica, por exemplo.


“No espaço do circo, que é lúdico, podem ser vivenciados, ainda mais, os valores humanos que aumentam os graus de confiança e de respeito”, explica.


SERVIÇO:

Colégio Seriös

SGAS 902, BL. C, LT. 75, Asa Sul

Telefone: (61) 3049-8800

Publicidade

© 2021 por Rodac Comunicação Criativa