top of page

LATAM amplia rota São Paulo-Madri em 60% para reforçar a conectividade internacional do Brasil

A LATAM acaba de programar mais voos na rota São Paulo-Madri. A partir de 1º de maio, a operação entre os aeroportos de Guarulhos e Barajas será ampliada de 7 para 11 voos semanais para ampliar a conectividade internacional do Brasil. Atualmente, a LATAM é a companhia aérea que mais aproxima o País do mundo, com voos próprios para 90 aeroportos internacionais. As passagens aéreas para os novos voos da rota São Paulo-Madri já estão disponíveis no site da LATAM e demais canais de venda.

 

“O continente europeu oferece um leque de destinos muito atraentes para os brasileiros e Madri é um dos mais visados. Além disso, a Espanha também é uma porta de saída para muitos europeus que buscam visitar o Brasil. Esse incremento reforça o compromisso da LATAM em conectar cada vez mais os destinos brasileiros com o mundo”, avalia Aline Mafra, diretora de Marketing e Vendas da LATAM Brasil.

 

Os 11 voos semanais da rota estão programados para decolar de Guarulhos às 23h15 (todos os dias) e às 21h (terça, quarta, sábado e domingo) para uma viagem com 9h50 de duração. No sentido inverso, decolarão de Madri às 23h45 (todos os dias) e às 14h10 (segunda, quarta, quinta e domingo), em uma viagem com 10h30 de duração. Os voos são operados em aeronaves Boeing 787-9 com capacidade para 300 passageiros (30 na cabine Premium Business, 57 na Economia e 213 na Economy) ou em Boeing 777 com capacidade para 410 passageiros (38 na cabine Premium Business, 50 na Economy+ e 322 na Economy).

 

Atualmente, a LATAM lidera e responde por 46% da operação doméstica do aeroporto de Guarulhos, que é o seu maior hub (centro de conexões da sua malha aérea) e onde a companhia conecta os passageiros de todo o mundo com outros 49 aeroportos brasileiros.

 

O COMPROMISSO DA LATAM COM O BRASIL

 

Mais eficiente e competitiva, a LATAM é a companhia aérea que mais cresce no Brasil desde 2021, e lidera o setor aéreo nacional por três anos consecutivos, segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Atualmente, opera a maior malha aérea da sua história no Brasil (mais de 50 destinos).

 

Somente em 2023, a LATAM recebeu no Brasil 15 novas aeronaves de fábrica que ajudaram a empresa a ampliar em 8% a sua operação doméstica no País e a transportar 33 milhões de passageiros. Em 2024, a LATAM prevê a chegada de mais aviões e um novo crescimento de 7% a 9% na sua operação doméstica no País, na comparação com 2023. Na prática, serão adicionados no Brasil mais de 3 milhões de assentos da companhia neste ano.

 

Especificamente no mercado de voos internacionais do Brasil, a LATAM abriu 6 novas rotas em 2023: Guarulhos-Joanesburgo, Guarulhos-Los Angeles, Belo Horizonte-Santiago, Florianópolis-Santiago, Brasília-Lima e Porto Alegre-Santiago. Em paralelo, assinou acordo de cooperação técnica com a Embratur (Empresa Brasileira de Turismo) para promover o Brasil internacionalmente.

 

Sobre o Grupo LATAM

 

A LATAM Airlines S.A. e suas subsidiárias são o principal grupo aéreo da América Latina, com presença em cinco mercados domésticos da região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além de operações internacionais dentro da América Latina e para Europa, Oceania, Estados Unidos e o Caribe.

O grupo LATAM possui uma frota de aeronaves Boeing 767, 777 e 787 e Airbus A321, A320, A320neo e A319.

LATAM Cargo Chile, LATAM Cargo Colômbia e LATAM Cargo Brasil são as subsidiárias de carga do grupo LATAM, possuindo uma frota combinada de 19 aeronaves de carga. Essas subsidiárias de carga contam com acesso as aeronaves de passageiros do grupo e operam na rede do grupo LATAM, bem como em rotas internacionais exclusivas para transporte de cargas. Além disso, oferecem uma infraestrutura moderna e uma ampla variedade de serviços e opções de atendimento para atender às necessidades de seus clientes.

 

Mais informações financeiras aqui.


Posts Relacionados

Ver tudo

댓글


bottom of page