Presidente do Sindicato das Academias do DF reforça a importância do uso de máscaras


Estudos mostraram que o acessório é determinante quando o assunto é a segurança contra a covi-19

A pandemia causada pelo novo Coronavírus alterou a nossa rotina e uma das principais mudanças é o uso da máscara de proteção. Você tem usado a sua? Ela é importante e pode ser decisiva no contágio da doença. Dois levantamentos divulgados na última quarta-feira, 24 de fevereiro, pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), reforçaram ainda mais essa importância.


Para as pesquisas foram usados dois casos. Em um deles, um instrutor de ioga do Havaí e uma academia de Chicago. Conforme os estudos, no primeiro caso, o professor deu uma aula para 27 pessoas dois dias antes de ter os sinais da covid-19 e nenhum de seus alunos foi contaminado. Ele usava máscara. Mas, algumas horas antes de perceber o primeiro sintoma, ele novamente teve contato com seus alunos. Ele deu uma aula de spinning para 10 pessoas e ninguém usava a máscara. Resultado? Todos se contaminaram.


No segundo caso, da academia de Chicago, em apenas uma semana 60% dos clientes e 7% dos colaboradores se contaminaram pelo novo coronavírus. No lugar, os clientes passam por aferição de temperatura ao chegar na unidade, mas podem retirar a máscara para se exercitar. O estudo concluiu que o aumento da frequência respiratória dos alunos nas academias aumenta e facilita a disseminação da doença.


E foi para evitar esse tipo de situação que o Sindicato das Academias do Distrito Federal criou no início da pandemia, um protocolo de segurança rigoroso. Somente com este protocolo aplicado às unidades, elas puderam reabrir. Com ele, é exigido o uso de máscara em todos os ambientes das academias, limpeza constante, disposição de álcool gel e entre outras medidas.


Para a presidente da entidade Thais Yeleni, a máscara é fundamental para a prevenção e combate à doença. "Desde a abertura das unidades no DF nós estamos observando e orientando os donos a seguir as normas, que estão de acordo com os principais órgãos de saúde", aponta. Ela continua: "nós somos centros geradores de saúde e não disseminamos o novo Coronavírus. Tomamos medidas drásticas nas estruturas, como principalmente, o distanciamento entre os equipamentos e a exigência de limpeza, manutenção de ar e o uso obrigatório de máscaras".


Ela conclui: "é muito importante que consigamos passar segurança à população, mostrando que academias não são centros de aglomeração nem de disseminação do vírus".

Publicidade
Banner Rodac - 228x446px v2.png
Banner Pequeno - Tenha Sua Marca Aqui -

© 2021 por Rodac Comunicação Criativa