top of page

Saúde mental de crianças é beneficiada através de políticas públicas

A infância e a adolescência representam momentos cruciais para o desenvolvimento integral do ser humano, que abrange aspectos físicos, cognitivos e psicossociais. Contudo, nem todos têm acesso a condições propícias para o seu pleno desenvolvimento. A vulnerabilidade social frequentemente se mostra presente afetando não apenas o bem-estar físico e mental de alguns jovens, mas também a participação ativa na educação. A exposição à violência e outros fatores adversos podem deixar marcas profundas no psicológico desses indivíduos, comprometendo seu desenvolvimento e inserção na sociedade.


     Frente a esse cenário, políticas públicas têm um papel imprescindível no oferecimento de amparo adequado a esses indivíduos. Oportunidades que busquem a minimização das desigualdades sociais e o acesso a serviços de qualidade estão entre as ferramentas mais importantes nesse contexto. O projeto “Psicologia Amiga” é um excelente exemplo de tal iniciativa. Concretizado por meio de uma parceria entre o Instituto de Popularização do Direito e a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (SEJUS), o programa vem oferecendo assistência psicológica, social e jurídica para crianças e adolescentes na região administrativa do Riacho Fundo II de março a maio de 2024.


     Projetos sobre relações sociais no campo da psicologia, que visam cuidar da saúde mental das crianças e adolescentes, são oportunidades relevantes para intervir numa idade prematura, e assim, evitar emoções e problemas que são difíceis de lidar mais tarde. Além disso, essas propostas estão associadas ao crescimento sadio de crianças em diferentes áreas, como em casa e na escola, por exemplo. A saúde mental e a inteligência emocional consideram-se fatores que afetam o processo de aprendizagem como um todo, portanto, eles devem ser levados em consideração.


     “Essas iniciativas não apenas intervêm precocemente para prevenir problemas futuros, como ansiedade, depressão e transtorno de personalidade, mas também promovem um desenvolvimento saudável em diversas esferas”, explica o neuropsicólogo Mizael Tavares Dias, responsável pelo atendimento psicológico do projeto “Psicologia Amiga”. “Ele tem impactado positivamente na saúde mental das crianças atendidas e também em seu desempenho escolar, pois está intrinsecamente ligada ao processo de aprendizagem, influenciando desde a capacidade de concentração até a resolução de problemas”, acrescenta. 


     Além disso, ao promover bons relacionamentos, autoestima e resiliência, as ações de institutos como o IPOD contribuem para a formação de indivíduos mais preparados para enfrentar os desafios da vida adulta, proporcionando bem-estar individual e coletivo, dentro de casa e no âmbito escolar. “O Instituto de Popularização do Direito, com o Projeto 'Psicologia Amiga', além de propiciar o conhecimento jurídico através do uso da linguagem acessível, amplia o escopo para além de sua proposta original, e distribui o próprio direito à saúde à população”, conclui o Dr. Max Telesca, presidente da instituição.


     

Serviço:

Psicologia Amiga

Período: De 26 de fevereiro a 17 de maio de 2024

Local: Riacho Fundo II

Entre 26 de fevereiro de 2024 e 23 de março de 2024; 

- Localidade 1 – QN14; 

Entre 25 de março de 2024 e 19 de abril de 2024; 

- Localidade 2 – Feira Permanente do Riacho Fundo II;

Entre 22 de abril de 2024 e 17 de maio de 2024; 

- Localidade 3 – QS14.

Horários de atendimentos: segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h

Quanto: Gratuito

Link para incrições: forms.gle/2zkm1oiJZSjqTha56

Contato: + 55 (61) 99655-1137 

Instagram: @psi_amiga_ipod


留言


bottom of page