Sarah bate recorde de menor rejeição da história do Big Brother Brasil


A "sister" brasiliense é uma das preferidas para chegar a final e teve apenas 0,37% de votos contra neste paredão

Nesta terça (16) aconteceu o terceiro paredão do Big Brother Brasil 21, formado por Sarah, Fiuk e Nego Di. Sarah foi indicação da líder Karol Conká, Sarah espertamente puxou Nego Di no Contragolpe e Fiuk foi pela casa, sem nenhum protagonismo nessa disputa.


Esse é o segundo paredão que a Sarah participa. A "sister" que é de Brasília, está bem cotada para ir para a final, junto com Juliette e Gil. Ela teve apenas 0,37% de votos contra neste terceiro paredão, o menor índice de rejeição de todos os programas BBB. Enquanto Nego Di foi recorde de rejeição, saindo com 98,76% dos votos. Fiuk recebeu 0,87%.


Apesar de ter atingido uma quantidade impressionante de votos do público, o maior paredão do reality show aconteceu na edição passada: a disputa concentrou-se principalmente entre Prior e Manu Gavassi, tendo 1.532.944.337 bilhão de votos no site oficial do BBB, resultando com a saída do arquiteto do BBB20.


Será que nesta edição vamos ter mais um recorde de votação quebrado? Vamos acompanhar! Enquanto isso, a nossa torcida é pela espiã de Brasília! Vai Sarah!

Publicidade

© 2021 por Rodac Comunicação Criativa