top of page

7 dicas para acertar na escolha de uma instituição de ensino superior a distância


Dados do Censo da Educação Superior 2022 divulgados recentemente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontam para o crescimento do número de estudantes de graduação que optam pelo Ensino a Distância. Entre 2021 e 2022 o aumento foi de 20%, passando de 3,9 milhões para 4,7 milhões. A oferta de cursos EAD no ensino superior também aumentou, de 3.177 em 2018 para 9.186 em 2022. Com tantas opções de cursos e instituições de ensino superior, surge a dúvida: como acertar na escolha de uma Universidade?

Pró-reitor de Educação a Distância da Universidade Católica de Brasília e mestre em Educação, Fellipe Zaremba lista sete fatores importantes que devem ser considerados pelo estudante no momento de escolher uma Universidade com cursos EAD. Confira:

  • Reputação e Classificação: avalie a reputação da universidade e seu ranking acadêmico em sua área de estudo, como programas de pesquisa relevantes (pós-graduação stricto sensu), nota da instituição em avaliações do Ministério da Educação (MEC), vida cultural no Câmpus, corpo docente formado por professores mestres e doutores.

  • Programas de Estudo: verifique se a universidade oferece programas e cursos que atendam às suas metas de carreira e interesses acadêmicos. O ensino por experimentação com práticas em laboratórios e ambientes profissionais, projetos de extensão e pesquisa. Além disso, confira se a universidade também oferta cursos em outras modalidades, como presencial e semipresencial.

  • Tecnologia e Plataforma de Ensino: é fundamental avaliar a tecnologia e a plataforma adotadas para o ensino a distância. Elas devem ser intuitivas, acessíveis e mantidas atualizadas para garantir uma experiência de aprendizado eficaz, que vá além de videoaulas. Acesso a biblioteca virtual, interação direta com professores, entre outras ferramentas são essenciais nesse módulo de aprendizagem.

  • Localização: considere a localização da universidade. O estudante precisa avaliar se prefere estudar em uma área urbana, suburbana ou rural. A localização geográfica também pode afetar oportunidades de estágio e emprego. Verifique se a universidade possui polos de ensino a distância, que funcionam como suporte físico para os estudantes.

  • Tamanho da Universidade: dê preferência a uma universidade grande com uma ampla gama de recursos e atenção mais personalizada.

  • Rede de Contatos e Egressos: uma sólida rede de ex-alunos pode ser valiosa para futuras oportunidades de carreira. Confira se a universidade faz essa conexão entre estudantes e mercado de trabalho público e privado.

  • Reconhecimento: certifique-se de que a universidade seja devidamente credenciada e reconhecida pelo órgão competente.

“Ao ponderar esses fatores e considerar suas próprias metas e preferências pessoais, o estudante estará preparado para escolher a universidade que melhor atende às suas necessidades acadêmicas e profissionais”, finaliza Zaremba, que reforça: “o diploma EAD tem a mesma validade do presencial, portanto, o que faz a diferença, seja no modo tradicional ou na modalidade a distância, é a qualidade do ensino e a dedicação do estudante. Escolha bem e viva todas as experiências que a sua Universidade pode oferecer”.

Católica EAD O ensino a distância da UCB, chamado Católica EAD, está presente em todas as cinco regiões do país e também no exterior, em países como Portugal, Estados Unidos e Japão. A maioria dos cursos de graduação e pós-graduação possui classificação máxima do Ministério da Educação (MEC). Atualmente são 50 cursos de graduação entre Bacharelados, Licenciaturas e Tecnólogos disponíveis na plataforma EAD. Confira todas as opções disponíveis no site: https://www.catolica.edu.br/unidade/ead#cursos.



Comentarios


bottom of page