top of page

A psicologia humanista fora das quatro paredes

A sociedade está em constante mudança. Novas descobertas, avanços tecnológicos, crises ambientais, alterações de comportamento, descobertas de novas doenças, entre milhares de outros fatores que diariamente nos impactam por meio de notícias e acontecimentos. 


Fato é que desde a virada dos anos 1990 para 2000, o processo de entendimento e alteração de comportamento do ser humano mudou, dado o grande volume de informações sobre ele. Mas, será mesmo que estávamos prontos para tudo isso? A realidade atual e os recentes acontecimentos demonstram que não. 


Com tantas expectativas para o presente e futuro, formas de se relacionar, se descobrir, educar e profissionalizar, as exigências e imposições da sociedade, fizeram com que nossa saúde psicológica fosse ficando cada dia mais sobrecarregada, e, fruto disto, é que nunca na história da humanidade constatou-se que um número tão grande de pessoas com ansiedade, depressão, dentre outros transtornos psicológicos. Trazendo para o Brasil, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, 86% dos brasileiros sofrem com algum tipo de demanda em relação à sua saúde mental.


Dada esta reflexão, aliando ao pedido da OMS em 2022, para toda comunidade que trabalha para a área da saúde mental - para intensificar seu compromisso em ajudar a tratar essa questão, o Centro de Psicologia Humanista de Brasília (CPHB), liderado pela psicóloga Ana Lúcia Palma, decidiu levar toda sua experiência e método de Psicologia Humanista, desenvolvido e aplicado há 25 anos - antes somente praticado e apresentado em Brasília, em seu espaço físico -, para o universo tecnológico das plataformas online e de comunicação. 


Não é uma simples migração, mas sim, uma aposta em um novo modelo de negócios para alcançar e ajudar o maior número de pessoas possíveis, bem como formar e aprimorar profissionais da área. 


“Em um mundo de fartura de informações e verdades absolutas, viver livremente tornou-se quase impossível.  Ser autêntico e único, em um mundo em que a regra é ser igual a todos, uma ousadia. E assim, entre posts de auto ajuda e muita medicação, fomos assistindo a construção de uma sociedade ao mesmo tempo eufórica e triste. Precisamos retomar o caminho da saúde e da felicidade. Ser compreendido profundamente é o caminho que torna a mudança para uma vida plena, de fato, possível“, explica Ana Lúcia Palma. 


O que é a Psicologia Humanista 


A Psicologia Humanista é uma escola de psicologia, onde a principal forma de trabalho é priorizar a saúde integral do ser humano. "Para a Psicologia Humanista, o objetivo da psicoterapia ou de qualquer trabalho de desenvolvimento pessoal é - levar a pessoa a ser ela mesma -. Fortalece-las para a conquista de uma existência autêntica, autoconsciente, transparente, espontânea, verdadeira, congruente e natural, sem máscaras, jogos, couraças, divisões internas ou outros mecanismos de defesa", contextualiza a psicóloga. 


Serviços, conceitos e mudanças 


O CPHB é referência em psicoterapia humanista em Brasília com atendimentos de psicoterapia, capacitação de psicólogos orientados pela Abordagem Centrada, e consultoria e assessoria empresarial.


Para marcar essa transformação, tudo começou com a forma de se comunicar e interagir com seus clientes e amigos, quando Ana Lúcia Palma passou a estudar e observar mais o universo online, para desenvolver tal comunicação fora das quatro paredes, passando a entender como este público se relaciona com esse tipo de acompanhamento.


Todo este trabalho foi apresentado e lançado na última terça-feira (12), na capital do Brasil, no Salão JK, do restaurante Nau Frutos do Mar, de frente a um dos principais pontos turísticos da cidade, para seletos 40 convidados, entre clientes, formadores de opinião e influentes de Brasília. 


Foi anunciada a criação de uma plataforma personalizada para atendimentos online, imersões presenciais, mentorias e cursos de formação para psicólogos para o primeiro trimestre de 2024, bem como a nova estratégia de conteúdo por meio de vídeos, publicações e lives em redes sociais.


Além disso, a clínica social do CPHB será reaberta, com atendimentos online para atender o público que não tem condições de arcar com o acompanhamento por completo, com preços sociais. O projeto já conta com mais de 15 psicólogos, e deve entrar em vigor também no primeiro trimestre de 2024. 


Por último, para dar vida a essa transição, o rebranding da marca do CPHB foi apresentado durante o evento. Desde as cores, padronagens, aos ícones e aplicações, todos com um significado para o processo compreensivo de quem vê, para transmitir calma, conforto e confiança, além de homenagear a cidade que a acolheu, Brasília, com referências ao trabalho do artista Athos Bulcão. 


Sobre o CPHB


CPHB é um espaço terapêutico ideal para o desenvolvimento pessoal, resultado de um relacionamento profundo e autêntico entre o cliente e o psicólogo. Um lugar preparado para o Encontro real com a verdade de cada pessoa para celebrar sua melhor configuração e descoberta do poder de sua própria história. O CPHB é referência em psicoterapia humanista em Brasília com atendimentos de psicoterapia, capacitação de psicólogos orientados pela Abordagem Centrada e consultoria e assessoria empresarial.


bottom of page