top of page

Atleta brasiliense é convocada para participar do 9° Campeonato Mundial de Kung Fu


Previsto para acontecer entre os dias 23 e 28 de agosto em Emeishan, na China, o 9° Campeonato Mundial de Kungfu se destaca por ser um dos eventos de maior relevância mundial da modalidade. A atleta brasiliense Paula Amidani Soares de Azevedo (42), seis vezes campeã internacional de Kungfu Wushu, está entre os 35 atletas brasileiros que compõem a delegação formada pela Confederação Brasileira de Kungfu Wushu (CBKW). Ao todo, o evento contará com a participação de 3.500 atletas de 45 países diferentes.


Paula Amidami representou a seleção brasileira por mais de 25 anos ininterruptos, entre 1991 e 2016, se tornando uma das representantes do kung Fu mais premiadas do país. Foi campeã brasileira de Wushu por 16 vezes, campeã Mundial das Artes Marciais por seis vezes, campeã da Copa Brasil de Wushu por quatro vezes, campeã Sulamericana de Wushu por seis vezes, campeã Universitária Internacional de Wushu por três vezes e, além disso, também possui o título de melhor Atleta Internacional de 2000 pela Confederação Mundial de Wushu, principal entidade reguladora do esporte em âmbito mundial.


Realizado a cada dois anos, a última edição do Campeonato Mundial de Kung Fu ocorreu em 2019. Devido às restrições sanitárias derivadas da pandemia de COVID, a edição que seria celebrada em 2021 foi cancelada. Agora, com as expectativas nas alturas, Paula ressalta a vontade de voltar ao cenário competitivo após uma pausa de cinco anos para cuidar da saúde, se dedicar à maternidade e à profissão de personal trainer.


“Voltei a competir no ano passado para lutar contra a depressão e a ansiedade e isso fez com que a minha alma de lutadora continuasse a falar mais alto. Agora estou entrando em contato com possíveis patrocinadores, apoiadores e parceiros para conseguir custear as passagens da viagem, hotel, alimentação e a inscrição do campeonato, pois tenho certeza de que irei conseguir trazer essa medalha para Brasília, cidade onde nasci e que me deu todas as oportunidades para ingressar na carreira de atleta profissional”, conclui Paula Amidani, que também atua como diretora de comunicação da Confederação Brasileira de Kungfu Wushu (CBKW).


Sobre a CBKW - Única entidade ligada ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e ao Comitê Olímpico Internacional (COI), a Confederação Brasileira de Kungfu Wushu atua na coordenação dos eventos relacionados à modalidade enquanto aposta em novos talentos para representar o Brasil durante as competições internacionais. Presidida atualmente pelo ex-atleta e campeão internacional de Kungfu Wushu, Rafael Uliani, a CBKW também conta com representantes em 22 Estados brasileiros.


Serviço

Confederação Brasileira de Kungfu Wushu (CBKW)



Comentários


bottom of page