top of page

Farmacêutica EMS é patrocinadora oficial do musical Cabaret

A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, é patrocinadora oficial da versão brasileira do musical Cabaret, um dos maiores sucessos da Broadway, criado em 1966 e eternizado graças à icônica adaptação cinematográfica de 1972, dirigida por Bob Fosse e estrelada por Liza Minnelli. O novo espetáculo estreou no 033 Rooftop, no complexo JK Iguatemi, e traz ao público uma experiência imersiva. Segue em cartaz até 12 de maio, com apresentações às sextas, às 20h30; aos sábados, às 15h e às 20h30; e aos domingos, às 15h e às 19h30. Os ingressos podem ser adquiridos pela bilheteria ou pelo site Link.

 

A trama acompanha a vida noturna no KitKat Klub, um cabaré falido de Berlim que assiste ao terrível surgimento do nazismo na Alemanha, então República de Weimar, no começo da década de 1930. É lá que a cantora e dançarina inglesa Sally Bowles se apaixona por um jovem escritor estadunidense chamado Cliff Bradshaw.

 

A montagem tem direção de Kleber Montanheiro, direção musical de Fernanda Maia, coreografia de Barbara Guerra e versão brasileira assinada por Mariana Elisabetsky. Além disso, traz no elenco feras da cena teatral brasileira como Fabi Bang (Sally Bowles), Ícaro Silva (Cliff Bradshaw) e André Torquato (Emcee).

 

O espetáculo é fruto da colaboração entre a produtora Marilia Toledo e o diretor Kleber Montanheiro, dois grandes nomes do teatro nacional. Conta com uma banda formada por 10 mulheres, mantendo as músicas originais de John Kander e as letras de Fred Ebb, que marcaram gerações de espectadores em todo o mundo. Recentemente, o musical foi remontado em Londres, na Inglaterra, e também deve reestrear na Broadway ainda no primeiro semestre de 2024.

 

“É com grande satisfação que anunciamos a parceria com mais uma produção de grande qualidade que promete levar muito entretenimento para as pessoas. Entendemos que a arte e a cultura são também uma forma legítima de proporcionarmos bem-estar à população e de cuidarmos das pessoas, gerando experiências agradáveis, positivas, de relevância, em uma sintonia verdadeira com o propósito da nossa marca”, afirma Josemara Tsuruoka, gerente de Marketing Institucional da EMS. De acordo com a executiva, a empresa mantém um histórico de investimento em projetos culturais diversos, como literatura, teatro, música, museus, fotografia, exposições temáticas e concertos nacionais e internacionais pelo Brasil inteiro.


Experiência imersiva

A produção brasileira recria a atmosfera única e envolvente do Cabaret de forma imersiva, inspirada nas bem-sucedidas montagens internacionais. “A ideia é transportar as pessoas para dentro do KitKat Club, onde se passa a história. Então, transformamos o 033 Rooftop espalhando mesinhas por todo o espaço e criamos cenas no meio da plateia, de modo que o público faz parte da encenação e é transportado para a virada de 1929 para 1930. Também exploramos essa ideia sensorial com a ajuda de efeitos de som e de luz”, explica o diretor Kleber Montanheiro.

 

O encenador ainda conta que o show começa logo que o espectador sai do elevador, onde os atores já estão apresentando alguns números de cabaré. “Estamos rompendo com a ideia do terceiro sinal anunciando o começo do espetáculo. Quando as pessoas chegam, já se sentem em um cabaré em Berlim e assistem a algumas cenas que vão se misturando até o começo do show”, acrescenta.

 

Outro aspecto ressaltado por Montanheiro é a diversidade buscada na escolha do elenco. “O texto fala de pessoas de diferentes nacionalidades, etnias, cores de pele e corpos. E a escolha do elenco, através das audições e de alguns convites, passou por isso. Fui brincando um pouco com um cabaré nessa época na Alemanha como uma ideia de liberdade, de construção de um movimento que se pauta pelas diferenças entre todas as pessoas. E esse pensamento permeou todo o conceito de escolha do elenco”, afirma.

 

Vivência Gastronômica

Para ampliar ainda mais essa encenação imersiva, o público poderá desfrutar de uma experiência gastronômica completa, assinada pelo Chef Mário Azevedo, do 033 Rooftop. Inspirado pelo clima de Berlim no início da década de 1930, o Chef preparou três pratos tipicamente alemães, que contam ainda com drink e sobremesa. O público precisa adquiri-los antecipadamente pela Sympla, pois eles não estarão disponíveis para a venda no local no momento da apresentação, serão servidos apenas aos clientes que reservarem com antecedência.

 

Ficha Técnica

CRIATIVOSLibreto: José Masteroff

Música: John KanderLetras: Fred EbbBaseado na peça de teatro de John Van Druten e Christopher Isherwood

Versão: Mariana Elisabetsky

Direção geral, cenário e figurinos: Kleber Montanheiro

Direção musical: Fernanda Maia

Coreografia: Barbara Guerra

Preparação de elenco: Erica Montanheiro

Diretor musical assistente e preparador vocal: Rafa Miranda

Diretora assistente e diretora residente: Daniela Stirbulov

Diretora assistente: Ana Elisa Mattos

Dance captain: Tiago Dias

Produção de elenco: Daniela Cury

Designer de luz: Gabriele Souza

Sound Designers: João Baracho / Fernando Akio Wada

Sound Designers associados e consultoria: Beatriz Passeti / Zelão Martins / Guilherme Ramos

Visagismo: Louise Helène

Figurinista assistente, gerência de ateliês e chefe de camarim: Marcos Valadão

Assistente de figurinos: Thaís Boneville

Pintura artística de cenário e figurino: Victor Grizzo

Perucaria: Malonna

Criação de Bonecos: Dante

Direção cenotécnica: Evas Carretero

Cenotécnicos: Isaac Tibúrcio e Alício Silva

Production Stage Manager: Rafael Reis

Stage Manager: Juliana Imperial

Stage Managers Assistentes: JV Costa e Wallace Félix

 

ELENCO

 

Fabi Bang - Sally Bowles

Ícaro Silva - Clifford Bradshaw

André Torquato - Emcee

Anna Toledo - Fräulein Schneider

Bruno Sigrist - Ernst Ludwig

Eduardo Leão - Herr Schultz

Carla Vazquez - Fräulein Kost

Maria Clara Manesco - Ensemble e cover de Sally Bowles

Marisol Marcondes - Ensemble e segunda cover de Sally Bowles

Hipólyto - Victor, Ensemble e cover de Clifford Bradshaw

Alvinho de Pádua - Ensemble e cover de Emcee

Ana Araújo - Ensemble e cover de Fräulein Schneider

Moira Osório - Ensemble e cover de Fräulein Kost

Daniel Caldini - Bobby, Ensemble e cover de Ernst Ludwig

Gabriel Malo - Marinheiro 01 e Ensemble

Bruno Albuquerque - Marinheiro 03 e Ensemble

Larissa Noel - Ensemble

Mari Saraiva - Ensemble

Tiago Dias - Marinheiro 02 e Ensemble

PRODUÇÃO

 

Direção de produção:Marilia Toledo

Coordenação de produção: Patrícia Figueiredo

Produção: Camila Sartorelli, Eddye Vieira e Jota Rafaelli

Produtores associados: Kleber Montanheiro, Marília Toledo e Erica Montanheiro

Assessoria de imprensa: Pombo Correio

Idealização do projeto: Kleber Montanheiro e Erica Montanheiro

Produtora associada: Domínio Público Produções

Idealização: Da Revista Arte e Entretenimento

Realização: Lolita & La Grange Produções ArtísticasServiço

CABARETTemporada: 8 de março a 12 de maio de 2024.

Sessões: sextas-feiras às 20h30; aos sábados às 15h e 20h30; e aos domingos às 15h e 19h30.

Duração do espetáculo: 2h45 (com 15 minutos de intervalo)Local: 033 Rooftop

Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 - Vila Olímpia, São Paulo - SP, 04543-011

Preços: de 39,60 (Preço popular) a R$ 300 (Mesa)

Vendas pela bilheteria do Teatro Santander, todos os dias, das 12h às 18h; ou online em: Link (com taxa de conveniência)

Classificação indicativa: 14 anos

** Clientes Santander têm 30% de desconto no valor do ingresso, mediante compra com o cartão do Banco.

 

Sobre a EMS

A EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, líder de mercado há 18 anos consecutivos, pertence ao Grupo NC. Com 60 anos de história e 6,7 mil colaboradores, atua nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar, fabricando produtos para praticamente todas as áreas da Medicina. Tem presença no mercado norte-americano com a sua controlada Vero Biotech, localizada em Atlanta, Geórgia (EUA), por meio da qual a EMS obteve em 2019 a aprovação de seu primeiro produto revolucionário, fruto de inovação radical, submetido à FDA (EUA), posicionando o laboratório como uma empresa inovadora no mercado global. A EMS também investe consistentemente em inovação incremental, em genéricos de alta complexidade e é uma das acionistas da Bionovis, de medicamentos biotecnológicos – considerados o futuro da indústria farmacêutica. A empresa possui unidades produtivas em Jaguariúna (SP); em Brasília (DF); em Hortolândia (SP), onde funcionam o complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos mais modernos da América Latina, e a unidade totalmente robotizada de embalagem de medicamentos sólidos; e conta também com a Novamed, localizada em Manaus (AM), uma das maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo. Na Sérvia, possui a farmacêutica Galenika, adquirida em 2017 como parte do processo de internacionalização da companhia. A EMS exporta para 55 países e tem, na Itália, o laboratório de pesquisas MonteResearch. A empresa mantém um histórico consistente de iniciativas sociais, culturais, ambientais e esportivas dentro e fora do país como uma forma concreta de também promover saúde e qualidade de vida.

Commenti


bottom of page