top of page

Sustentabilidade e cultura: Festival Afro Verde


Música e preservação ambiental em alta. Esse é o lema do Festival Afro Verde - evento cultural que desembarca no Paranoá, nos dias 25 e 26 de maio. A iniciativa celebra a diversidade cultural e musical afro-brasileira, no Centro de Atletismo do Paranoá. Com entrada franca, o evento promete dois dias de muita música, arte e cultura e, tem como um dos pilares, a igualdade racial, em comemoração detrimento do Dia da Liberdade da Escravatura, 13 de maio.

Entre as atrações confirmadas estão nomes vibrantes da cena musical do DF, como Misael, Nego Rainer, Dhi Ribeiro, Pacificadores, Tropa de Elite, Marquino Smurphies Disco Clube, Nego Dê e Liberdade Condicional. Cada artista traz uma identidade única o ao evento, garantindo uma experiência diferenciada ao público.

O produtor do Festival, Fernando Fernandes, explica que o Afro Verde tem como propósito, levar diversão, cultura e entretenimento, fora do eixo central de Brasília. “Fomentar a cultura e propiciar momentos de arte e música à população do Paranoá, Itapoã e redondezas, é a nossa intenção”.


Sobre as atrações

Dhi Ribeiro, cujo nome artístico é Edilza Rosa Ribeiro, é uma das atrações mais esperadas. Nascida no Rio de Janeiro e criada em Salvador, Dhi se mudou para Brasília onde sua carreira artística deslanchou. Inicialmente modelo em Salvador, Dhi seguiu para os palcos como backing vocal antes de brilhar como cantora solo. Reconhecida nacionalmente após sua participação no The Voice Brasil da TV Globo, Dhi é conhecida por sua interpretação no samba raiz.

 

Serviço: Afro VerdeData: dias 25 (sábado), às 19h e dia 26 de maio (domingo), às 14hLocal: Centro de Atletismo do ParanoáEntrada: GratuitaInformações: 61 8187-4400Realização: Instituto de Empoderamento Social IES e Secretaria de Cultura do Distrito Federal


Comments


bottom of page