A Menina com um Buraco na Mão será lançada de graça para todo o Brasil


Série audiovisual em animação será lançada de forma gratuita para todo o Brasil e culmina em espetáculo infantojuvenil no Rio de Janeiro

Uma menina que de tanto deixar as coisas caírem, um dia ouve de sua avó: “Menina, parece que você tem a mão furada!”. O buraco na mão, então, torna-se real e enorme. Enquanto as coisas continuam caindo pelo buraco criado em sua mão, a menina busca respostas sobre a sua existência na ancestralidade e no tempo que gasta junto com as coisas do mundo.


É a partir dessa narrativa que a série audiovisual A Menina com um buraco na mão foi desenvolvida. Composta por três episódios, a série mistura técnicas de stopmotion e pixelation. Os dois primeiros episódios já foram exibidos em festivais, como É TUDO CRIANÇA (MG); FENAPI (MG); CURTA-SE 20: FESTIVAL IBEROAMERICANO DE CINEMA DE SERGIPE (SE); INTERSSESSÕES (MG) e CAWCINE (RJ). A série foi convidada para a tradicional MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES, que acontecerá de 27 de abril a 1º de maio de 2022.


O terceiro e último episódio será lançado no Youtube no dia 08, sexta-feira, e ficará disponível nos dias 9 e 10 de abril, sábado e domingo, junto com os episódios 1 e 2 da série como uma oportunidade de crianças de todo o país conhecerem a obra em sua versão audiovisual de forma gratuita.


Já o espetáculo teatral infantojuvenil acontece entre os dias 14 e 17 de abril, no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, e de 21 a 24 de abril, no Teatro Arthur Azevedo, em Campo Grande. A idealização é de Alice Cruz e Sergio Kauffmann, que também assinam a dramaturgia em parceria com Elisa Ottoni. A direção é de Sergio Kauffmann e a direção musical de Rafael Lorga. O projeto foi contemplado pelo Prêmio FUNARJ de Montagem Teatral 2021. O Teatro Glaucio Gill e o Teatro Arthur Azevedo são espaços da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa/FUNARJ.


A história é dividida em três etapas – ou atos. No primeiro, a protagonista percebe o buraco que cresce em sua mão, e busca entender, a partir do que fala a sua avó, como aquilo pode ter surgido. No segundo ato, sem conseguir esquecer o buraco, a menina sai à procura do seu cachorro Boris, mas acaba percebendo que todas as coisas do mundo falam sobre mão: um carro na contramão; uma placa de trânsito com uma mão desenhada; passantes que falam expressões brasileiras sobre mão; e, por fim, uma vidente que não pode saber o futuro de alguém com um buraco no meio das mãos. No último ato, a menina resolve investigar o passado da família e mergulha nas páginas de um álbum de fotografias. Ali acaba descobrindo que sua tataravó angolana tinha o mesmo buraco nas mãos. O espetáculo tem como eixo principal a figura de uma criança que questiona o seu lugar no mundo, em um processo lúdico de descoberta de sua individualidade e de suas origens. Brincando com a literalidade do pensamento infantil, no qual a imagem da “mão furada” se torna real, materializada em um buraco em sua mão, a protagonista busca entender sua singularidade e suas origens.


A peça, que envolve elementos musicais, ressalta também a relação de afeto das crianças com seus avós, tendo a avó e o avô como as figuras mais presentes no cotidiano da protagonista, uma situação muito comum a diversas crianças brasileiras.


Para o espetáculo contaremos com a participação de quatro atores-músicos, Sara Hana (Menina), Jef Lyrio, Nilson Barbosa e Izzy Venntura. Os dois últimos são artistas 65+, integrantes do Projeto Dom Quixote, que promove práticas artísticas comunitárias com moradores de bairros da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro abordando envelhecimento e memória.



O espetáculo conta com uma equipe de artistas que já realizaram diversas parcerias em outros projetos teatrais e audiovisuais, vários deles voltados para o público infantil e infantojuvenil, como o espetáculo “Vamos comprar um Poeta”, dirigido por Duda Maia, em que Sergio Kauffmann faz o personagem-título, premiado com o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) como melhor espetáculo infantil de 2019 e vencedor de 6 categorias no Prêmio CBTIJ. O ator fará o personagem Jarbas na próxima novela das 7 da TV Globo, Cara e Coragem, com início em maio de 2022.


FICHA TÉCNICA:

Criação, Roteiro, Animação, Montagem e Narração: Alice Cruz e Sergio Kauffmann

Músicas Originais e Trilha Sonora: Sergio Kauffmann

Desenhos e Direção de Arte: Alice Cruz

Participações Especiais:

Avó: Rosa Catão

Vidente: Rita Sallustio

Conversas: Anna Beatriz, Gé Lisboa, Juliana Brisson, Julya avila, Natália Araújo, Nilson Barbosa, Maria Vieira, Maria das Dores (em memória), Ritcheli Santana, Rosângela Anjos, Sergio Costa, Tirzá Araújo, Tuca Benvenutti e Victor Seixas.

Menina: Anna Beatriz

Tataravó: Maria Moraes (em memória)


Redes Sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/ameninacomumburaconamao

Instagram: https://www.instagram.com/ameninacomumburaconamao/


Serviço: A Menina Com Um Buraco na Mão

EXIBIÇÃO DA SÉRIE DE ANIMAÇÃO:

Estreia dia 08 às 19h

Disponível Dias 9 e 10 de abril, sábado e domingo, no Youtube. GRÁTIS.

https://www.youtube.com/c/AMeninacomumBuraconaMão

EXIBIÇÃO DO ESPETÁCULO TEATRAL:

Teatro Glaucio Gill: Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana.

Temporada: de 14 a 17 de abril. Quinta-feira, às 19h, e de sexta a domingo, às 17h.

Valor: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada)

Telefone: (21) 2332-7904

Duração: 70min Classificação indicativa: Livre Capacidade de público: 100 lugares Acesso para portadores de necessidades especiais

Ingressos pela plataforma de venda de ingressos da FUNARJ e pela Bilheteria do Teatro

https://funarj.eleventickets.com/#!/home


Teatro Arthur Azevedo: R. Vítor Alves, 454 - Campo Grande

Temporada: de 21 a 24 de abril. De quinta a domingo, às 17h

Valor: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Telefone: (21) 2332-7516

Duração: 70 minutos Classificação indicativa: Livre Capacidade de público: 261 Lugares

Ingressos pela plataforma de venda de ingressos da FUNARJ e pela Bilheteria do Teatro