top of page

Cidade Matarazzo traz especialistas para celebrar novo programa de restauro


O programa de restauro do Hospital Humberto Primo, que deu origem a Cidade Matarazzo, celebra a conclusão de sua primeira fase com o ciclo de palestras denominado MATATALKS. O evento reunirá especialistas em patrimônio histórico, cultura, arquitetura e urbanização. Considerado o maior projeto privado de restauração com preservação de patrimônio histórico, realizado por meio de lei de incentivo, o projeto traz inovações no campo da arte, arquitetura e engenharia, que serão apresentadas entre os painéis programados durante todo o evento.

O ciclo de palestras que tem como patrocinador master a PRIO, a maior empresa independente de óleo e gás do Brasil, e Atlas Schindler, com realização da AMA BRASIL, e reunirá profissionais que participaram ativamente do projeto para apresentar os bastidores e curiosidades da obra, sobre diversos pontos de vista.

“O projeto tem uma dimensão inovadora no âmbito do uso de grandes estruturas de concreto armado, aliadas ao desenvolvimento de soluções de preservação do patrimônio histórico que valorizam a dimensão histórica do bem, além de contribuir para uma valoração contemporânea através do uso de obras de artes atuais como, por exemplo, o vitral projetado por Vic Muniz para a restauração da capela Santa Luiza. Ou seja, é uma experiência total no campo da arte, arquitetura e engenharia”, destaca Roberto Toffoli, responsável técnico pelo restauro do Cidade Matarazzo.

Durante a manhã, o evento está aberto ao público de estudantes de arquitetura e sociedade em geral para conhecer o local e acessar as informações dos especialistas. Entre os palestrantes confirmados estão a arquiteta Adriana Levisky, que abordará o impacto de reurbanização do projeto com a palestra “Revolucionando a cidade: reciclagem urbana e sustentabilidade”; Mariana de Souza Rolim, abordando o tema “Políticas públicas para preservação do patrimônio cultural”; Eduardo Viegas com a palestra sobre “Preservação do patrimônio cultural: restauro de bens tombados em São Paulo e Rio de Janeiro”. E Antônio Sarasá, com a palestra “A força da pintura a cal, como tecnologia milenar”, que foi uma das técnicas tradicionais utilizadas na restauração.

“A cal é um material desenvolvido pelo ser humano há mais de 10 mil anos e durante 450 anos foi usada no Brasil como material de construção. O projeto utilizou a pintura a cal, essa argamassa milenar junto a força da nossa década, para a restauração de um edifício moderno, sadio, trazido do início de 1900 para 2023. Com esses métodos tradicionais, estamos valorizando não só a técnica, mas também os saberes e fazeres dos antigos artífices. Isso representa hoje uma transformação, ao mesmo tempo que leva o conhecimento para as gerações futuras, como um patrimônio cultural”, destaca.

O evento contará também com uma atração internacional, o pesquisador do Vale do Silício, Douglas Rushkoff, que tem um trabalho conhecido em mídia digital, tecnologia, comunicação. Ele apresentará a palestra “Team Human - É hora de construirmos nossa sociedade coletivamente”.

Através da combinação única entre regeneração e sofisticação, a Cidade Matarazzo está ajudando a redefinir o desenvolvimento urbano, provando que as cidades podem ser lugares de prosperidade, inovação, inclusão e harmonia com o meio ambiente. Inaugurado oficialmente em janeiro de 2022, o complexo se tornou um lugar inovador que combina hospitalidade e entretenimento em uma experiência repleta de arte conectada com a natureza.

A entrada do MataTalks é gratuita e o público poderá ser inscrever através da plataforma Sympla, pelo link. O evento é acessível, com intérprete de libras e audiodescrição.

MATATALKS

Data: 12/09/23

Horário: das 9H às 18H

LOCAL : CIDADE MATARAZZO - ALAMEDA RIO CLARO, 28 - SÃO PAULO

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page