top of page

Premiação nacional irá valorizar economia sustentável e inclusiva


Evento de lançamento acontece nesta quarta, dia 4, no Impact Hub Brasília. Objetivo é dar visibilidade a empresas que contribuem para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) no país

Nesta quarta-feira, dia 4 de maio, acontece, na sede do Impact Hub Brasília, no início da L2 Norte, o lançamento do Prêmio Impactos Positivos, conhecido como o “Oscar do Bem”. A premiação pretende ser uma vitrine de negócios e organizações que estão participando do fomento ao empreendedorismo de impacto e seu ecossistema – em plena expansão no Brasil - composto por empreendedores, investidores, aceleradoras e incubadoras, organizações da sociedade civil, iniciativa privada e poder público.

“Compreendemos a urgente necessidade de repensar valores, princípios e de gerar ações práticas para modificar as pautas que conduziram a um mundo ameaçado pelas mudanças climáticas, pela perda de biodiversidade, contaminação e o consequente deterioro da qualidade de vida em comunidades urbanas e rurais. É parte de nossa missão trabalhar pela inclusão de milhões de pessoas no processo de geração de uma nova economia e promover um modelo de desenvolvimento mais equitativo”, destaca Lucas Ramalho, coordenador da Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto, articulação que fomenta o ecossistema de impacto no Brasil e que apoia institucionalmente o prêmio.

O Prêmio Impactos Positivos reconhece desde 2020 empresas e organizações que desenvolvem projetos, iniciativas e negócios inovadores que promovem soluções para problemas da sociedade.


As inscrições para empreendedores e agentes do ecossistema de impacto serão abertas no próximo dia 13 de maio na plataforma www.impactospositivos.com, nas categorias negócios de impacto (empresas) e ecossistema de impacto (organizações, setor público, comunidades e outros stakeholders). A fase de votação por parte do público e da sociedade brasileira terá início em 5 de setembro. Os vencedores em cada categoria e todos os homenageados serão conhecidos na cerimônia de premiação, que acontecerá no dia 24 de novembro, em São Paulo.


Expansão do movimento no Brasil


O movimento de impacto é formado por empresas tão distintas em seus objetivos quanto origem, gestadas tanto em comunidades de periferia quanto nos parques tecnológicos das universidades, O último mapeamento feito pela Pipe Social aponta a existência de 1.272 empreendimentos deste tipo no país, embora o número possa ser muito maior, já que existem também empreendimentos protagonizados por ONGs, cooperativas e startups de inovação que se confundem com a área de impacto. Somente na área de inovação são 22 mil startups em operação espalhadas em 78 comunidades de empreendedores, muitas delas trabalhando para promover soluções com conhecimento de ponta a problemas ambientais e sociais.

O prêmio é apenas uma das iniciativas de âmbito nacional apoiadas ou protagonizadas pela Enimpacto para fomentar este tipo de negócios no país. A estratégia está atualmente construindo em um processo coletivo e participativo, a governança do Sistema Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto (Simpacto) – com lançamento previsto para junho - envolvendo Estados, municípios, universidades, iniciativa privada, o governo federal e organizações da sociedade civil em uma ampla rede de fomento a uma nova economia, mais regenerativa, inclusiva e sustentável.


O propósito do Simpacto é conectar o ecossistema e fomentar a oferta de capital para a mobilização de recursos públicos e privados destinados ao investimento e ao financiamento desses negócios. Também visa disseminar a cultura de avaliação de impacto socioambiental e estimular envolvimento desses empreendimentos em contratações públicas e com as cadeias de valor de empresas privadas.

Personalidades presentes no evento do dia 4 de maio:


- Lucas Ramalho (Coordenador da Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto) – Ministério da Economia;

- Cristiano Prado (Líder de Projetos Econômicos e Sociais do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento -PNUD);

- Philipe Figueiredo (Coordenador de Startups e Ecossistema de Inovação – Sebrae Nacional);

- Danilo Ferreira dos Santos (Subsecretaria de Fomento ao Empreendedorismo. Secretaria do Desenvolvimento Econômico do DF)

- Claudia Girotti (Assessora de Gestão e Planejamento da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade – Ministério da Economia);

- Deputado Distrital Delmasso, autor da Lei n. 6.832, de 26 de abril de 2021, que dispõe sobre a Estratégia Distrital de Investimentos e Negócios de Impacto) https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=413323);

- Daniela Garcia (CEO Capitalismo Consciente);

- Deise Nicoletto (CEO Impact Hub Brasília);

- Gisele Abrahão (CEO Prêmio Impactos Positivos);

- Bárbara Pacheco (CEO Negócio de Impacto Verde Novo Sementes Nativas);

- Ana Maria Arsky (CEO da 4 Hábitos para Mudar o Mundo).

SERVIÇO:

Lançamento da 3º edição do Prêmio Impactos Positivos Pauta: Importância dos Negócios de Impacto para o Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo do Brasil Data: 4 de maio de 2022, quarta-feira Horário: 10h30 Local: Impact Hub Brasília – SGAN 601, Lote H, Edifício Íon, Ala Amarela, Asa Norte, Brasília Coletiva de imprensa pelo site: https://impactospositivos.com/eventos/

Comments


bottom of page