Psicoterapeuta desvenda universo da radiestesia em curso da Unipaz


Reconhecida como ciência, essa prática milenar permite identificar, quantificar e qualificar energia de pessoas, animais, lugares e objetos, sendo utilizada na prática terapêutica, inclusive por médicos para auxiliar na detecção de diagnósticos

Você sabia que é possível moldar e direcionar frequências energéticas para mudar alguns aspectos da vida? Quem abordará esse assunto e ensinará como é a psicoterapeuta e psicopedagoga Tamaris Fontanella no curso on-line “Desvendando o Universo da Radiestesia”, a partir de 18 de maio, na Universidade Internacional da Paz (Unipaz) Baixada Santista.


Segundo a especialista, a radiestesia é uma ciência milenar que permite identificar vibrações energéticas de pessoas, ambientes e objetos, sendo utilizada inclusive por médicos para detecção de diagnósticos. De acordo com ela, o curso proporcionará a compreensão da radiestesia e de seu reconhecimento como ciência, acolhendo conceitos de energia de campo, áreas de atua& ccedil;ão e categorias para a prática segura, além de exercitar a reflexão intuitiva do trabalho com seu principal instrumento: o pêndulo.


Tamaris lembra que todos os dias somos bombardeados por energias eletromagnéticas e eletrônicas, como ondas de rádio, sonoras, luz, cores, frio, calor, além das ondas emitidas pelo próprio Planeta Terra. “Normalmente, não nos damos conta desse turbilhão de energias que atravessam nossos caminhos. Entretanto, elas influenciam profundamente nossas vidas e podem ser benéficas e maléficas. Essas energias são chamadas de radiações”, explicou a psicoterapeuta, ressaltando que descobrir, medir, identificar e quantificar essas energias é a prática da radiestesia.


Segundo a psicoterapeuta, a radiestesia é uma ciência muito antiga. Embora, as primeiras comprovações do seu uso datem de 2000 A.C. pelos chineses, os primeiros registros podem ser encontrados em inscrições rupestres datadas de 9000 A.C no Peru.


“A radiestesia foi muito utilizada para construir as nossas sociedades. Historicamente, seu uso foi na procura de veios de águas subterrâneas, terras para o bom cultivo, jazidas minerais, melhores localização para construção das cidades e das casas. Hoje, é muito utilizada no campo terapêutico para equilibrar frequências”, contou Tamaris.


Ciência milenar é utilizada para autoconhecimento


De acordo com Tamaris Fontanella, no dia-a-dia, a radiestesia pode ser utilizada para ajudar na tomada de decisões, seja na vida profissional, financeira e pessoal. “Também pode nos ajudar a entender a vibrações que estão ao nosso redor, como escolher as melhores plantas, o melhor local para a mobília, a colocação da melhor iluminação. Pode ajudar na ilustração de diversas dúvidas; como também proporcionar um mergulho de autoconhecimento”, ressaltou a psicoterapeuta.


Para a especialista, tudo que precisamos desvendar, qualificar e quantificar pode ser feito por meio da radiestesia. “Imagina, se esse conhecimento estivesse na palma das suas mãos, como sua vida poderia ser diferente e suas escolhas mais conscientes”, propôs a psicoterapeuta.


Tamaris é autora de 15 livros na área de terapia complementares e saúde integral. Possui especialização em Terapia Energética Corporal, Psicoterapia Corporal e Bionergética, Psicopedagogia, Master Coaching, Terapia Transpessoal, Psicologia da Aprendizagem, Didática do Ensino Superior e Constelações Familiares. Desde 1998, é mentora para terapeutas que atuam com mulheres e nas áreas holística e transpessoal.


INSCRIÇÕES

O curso “Desvendando o Universo da Radiestesia” será teórico-prático, com vivências e exercícios. Totalmente on-line, acontecerá em quatro encontros: 18 e 25 de maio e 01 e 08 de junho de 2022, às quartas-feiras, das 20h às 22 horas, ao vivo, pelo Zoom da Unipaz Baixada Santista.


O formulário de inscrição está disponível neste link: https://forms.gle/3zm8wvYYMJ9nJanV7. Outras informações pelo WhatsApp (13) 98181-3013 e nas redes sociais da Unipaz Baixada Santista.